Fora do coma

Sete semanas após acidente, Bianchi deixa estado de coma, mas segue inconsciente e em estado crítico

A família de Jules Bianchi informou nesta quarta-feira (19) que o piloto deixou o coma quase sete semanas depois do acidente no GP do Japão. Mesmo com seu estado ainda considerado como crítico, Bianchi foi transferido para um hospital na França. Até então, ele estava internado no Hospital Geral de Mie

Quase sete semanas depois do acidente na volta 43 do GP do Japão, Jules Bianchi deixou o estado de coma. A informação foi fornecida nesta quarta-feira (19) pela família do francês em comunicado enviado à imprensa. Com isso, Bianchi foi transportado para um Centro Hospitalar Universitário em Nice, na França.

O piloto da Marussia permanece inconsciente, e seu estado ainda é considerado crítico, mas estável. Bianchi está internado desde o último 5 de outubro após acertar um trator que resgatava o carro de Adrian Sutil na curva 7 daquela corrida sob chuva em Suzuka.

"Sete semanas após o acidente de Jules no circuito de Suzuka, e depois de um período desafiador de cuidados intensivos neurológicos, podemos comunicar que Jules deu um passo importante. Jules não está mais no coma artificial em que ele foi colocado logo depois do acidente, mas ele ainda está inconsciente. Ele respira sem ajuda de aparelhos e seus sinais vitais estão estáveis, mas sua condição ainda é classificada como 'crítica'. Seu tratamento agora entra em uma nova fase, concentrada na evolução de suas funções cerebrais", informou o comunicado. 

O comunicado ainda revela que a condição do piloto era suficientemente boa para permitir que ele fosse levado de volta a sua cidade natal, Nice, na França, num voo equipado que saiu do Japão ontem à noite. O Centro Hospitalar Universitário de Nice será o local da continuação do tratamento de Bianchi a partir de agora. 

"As condições neurológicas continuam estáveis. Ainda que a situação continue séria, e talvez continue assim, foi decidido que Jules está estável o suficiente para ser repatriado para sua nativa França. Estamos aliviados em confirmar que Jules transferido ontem à noite do Centro Médico de Mie, no Japão, para o Centro Hospitalar Universitário de Nice, na França, onde ele chegou momentos atrás. Agora, Jules está na UTI com os Professores Raucoules e Ichai, onde seu tratamento também será monitorado pelo Professor Paquis, chefe do Departamento de Neurocirurgia", seguiu. 

"Estamos muito gratos pela nova fase do tratamento de Jules, que pode continuar perto de casa, onde ele está cercado por amigos e família. Temos nada a não ser elogios pelo incrível tratamento oferecido no Centro Médico de Mie desde o acidente. Devemos à equipe médica uma enorme gratidão por tudo feito por Jules e nossa família durante esse período difícil. Em particular, gostaríamos de levar nossos agradecimentos aos Dr Kamei e Yamamichi e Ogura, todos parte do time que tratou Jules no Japão", terminou o comunicado assinado por Philippe e Christine Bianchi, pais do piloto.

Fonte: Grande Prêmio

Acho que é uma boa notícia né?! Vamos crer que sim!!!! Que Deus ajude este menino, gente! Só isto que podemos pensar no momento! #ForzaJules

Beijinhos, Ludy

Comentários

Manu disse…
É, eu também achei que era uma boa notícia. Achei a notícia (ainda que meio não oficial) do Schumi também boa: ao menos ele está vivo. Acredito na força e Jean Todt já falou aquela vez que em alguns anos ele poderia levar uma vida normal.
Torço para que isso aconteça para ambos, mantenho as minhas orações para eles e para as famílias. São batalhas que serão vencidas, tenho certeza. É só dar tempo ao tempo.

=*

Postagens mais visitadas deste blog

Mas logo o Maradona??

Alonso em 2023

Roubou a cena!