Nada empolgante

Sem empolgação, Räikkönen pede mudanças por “mais batalhas reais” e “disputas de roda com roda”

Campeão mundial, Kimi Räikkönen avalia que quando a tecnologia se torna o objetivo, competição acaba ficando dificultada.

A tão aguardada nova F1, que encheu de expectativa fãs ao redor do mundo por meses a fio, já encontra resistência e decepção após apenas duas corridas dentro da temporada. Após críticas de pilotos e dirigentes sobre os sons dos novos motores V6 Turbo, Kimi Räikkönen foi além e disse que a competição deve ser mais emocionante.

Piloto mais velho nos quadros da F1, aos 34 anos, o campeão mundial de 2007 defendeu que as mudanças feitas sejam feitas visando a melhora no nível de competição.

"A corrida tem que ser empolgante de novo. Quero mais batalhas reais, mas disputas de roda com roda", disse. "Mas isso não é tão fácil quando você quer, ao mesmo tempo, trazer carros tão sofisticados para a categoria", seguiu. 

Sobre a sua própria dificuldade no começo de 2014, o finlandês contemporizou. "Ainda não se encaixa no meu estilo, mas não é um desastre. Pelo menos, consigo somar pontos", afirmou. 

Também nos boxes da Ferrari, Stefano Domenicali, chefe da equipe, falou sobre os boatos que se formaram após ele ter sido fotografado tendo duas reuniões com o tetracampeão mundial Sebastian Vettel durante o final de semana passado, na Malásia. 

"A Ferrari está bastante satisfeita com o que tem, e estou certo de que Sebastian também está feliz com sua situação, pois parece que ele pode competir de novo", falou Domenicali. 

Fora do mundo de Maranello e diferentemente de Räikkönen, Jenson Button está satisfeito com o momento que vive na McLaren, especialmente após marcar 23 pontos nas duas primeiras etapas da temporada. O britânico, campeão em 2009, faz no Bahrein o seu 250º GP. 

"Os prós para um cara da minha idade se sobrepõem aos negativos. Talvez os melhores anos estejam por vir", cogitou, segundo jornais ingleses. 

Os treinos livres para o GP do Bahrein começam nesta sexta-feira. A corrida acontece no domingo com cobertura em tempo real do GRANDE PRÊMIO.

Fonte: Grande Prêmio

"Pelo menos, consigo somar pontos". E ele pilota uma Ferrari hein?! Oops, peraí, uma porcaria de Ferrari, assim fica mais contextualizado... #quesituação


Sobre as corridas, se ele que está lá dentro não acha empolgante, imagine eu tendo que torcer por ele em uma equipe de porcaria? Um time que nem vitórias vai disputar? #hajapaciência




Beijinhos, Ludy

Comentários

Carlos disse…
Vamos apostar: Quantas vezes o Lito vai tirar a frase do contexto para dizer que o Kimi esta desmotivado? E o Galvão, e o Reginaldo? Façam suas apostas!
Micael disse…
A F1 de verdade não existe mais, é simples, o que o Kimi disse nesta matéria só comprova isso, esses carros atuais EM TODOS OS SENTIDOS são uma aberração, fracos e ao mesmo tempo com muita tecnologia, ter braço de verdade pra pilotar não é mais necessário, já estou me conformando com isso.

Ester disse…
O Kimi é o piloto mais velho da F1 atual? Quantos anos tem o Button, meninas?
Ester,

Jenson é o mais velho da F1...

Bjusss, Tati
Não, Jenson não é o mais velho não Tati.

Ester, Jenson é de 80, Kimi é de 79, o finlandês é o piloto mais velho da F1.

bjs, Ludy

Postagens mais visitadas deste blog

Feliz Aniversário, Alonso!!!!