Simona, Sauber, a F1 e as mulheres

Em busca da superlicença, Simona se torna "pilota afiliada" da Sauber para tentar vaga em 2015

De olho na superlicença, Simona de Silvestro foi anunciada pela Sauber nesta sexta-feira (14) como “pilota afiliada” do time. Suíça vai testar em pista e no simulador mirando uma vaga em 2015

A Sauber anunciou nesta sexta-feira (14) Simona de Silvestro como “pilota afiliada” do time. A suíça de 25 anos vai participar de um programa de desenvolvimento com a meta de conquistar a superlicença e se “preparar para uma vaga em 2015”.

Simona competiu na Indy nos últimos quatro anos e, vestindo as cores da KV, fechou a temporada 2013 com um 13º posto na classificação do campeonato. A suíça, que estou no certame em 2010, se tornou a primeira mulher a conquistar um pódio em uma prova de rua na Indy ao completar a etapa de Houston do ano passado no segundo lugar.

A preparação de Simona vai incluir testes em pista e no simulador. 

“Este é um grande passo para que eu conquiste um sonho de toda vida e estou muito feliz por ter a oportunidade de dar este passo com um time tão bom”, disse Simona. “A Sauber é uma equipe com um legado e a única escuderia suíça da F1, o que torna isso ainda mais animador”, continuou a suíça. 

“Não posso agradecer Monisha Kaltenborn e Peter Sauber o bastante pelo apoio deles e pela confiança em minhas habilidades, e por me darem esta chance”, declarou. “Estou muito feliz por ter esta plataforma extremamente única para me preparar para este desafio”, completou. 

Chefe do time, Kaltenborn afirmou que a Sauber vê Simona com uma pilota muito talentosa e, por isso, decidiu apoiá-la em sua caminhada até a elite do esporte. 

“Depois de quatro anos na Indy, a ambição da Simona é entrar na F1 em 2015”, começou Monisha. “Nós a vemos como uma pilota muito talentosa e, por isso, nós decidimos trazê-la para o time como “pilota afiliada” e apoiá-la em sua caminhada rumo ao pináculo do esporte a motor”, encerrou.

Fonte: Grande Prêmio

Sinceramente, torço de verdade para que isto, uma mulher guiando um carro de F1 oficialmente e não apenas como piloto de testes, terceiro piloto, mas de titular mesmo.

Quero muito que o sexo feminino seja visto na categoria como uma igual, não mais como uma maria gasolina, grid girls ou namoradas de pilotos. Quero que as mulheres tenham pelo menos a chance de tentar.

Tomara que Simona seja esta mulher. Ficarei aguardando e torcendo para que dê certo!!!! Seria muito especial, tenho certeza!

Gostei da parceira e da confiança da equipe Sauber.

Beijinhos, Ludy

Comentários

Estela disse…
Poxa, que legal!!Tomara que ela consiga mesmo :D
Ciro Mota disse…
Das mulheres que vi correr até hoje, a Simona é a melhor delas disparado. Inclusive nas categorias de base antes de ir para os EUA ela teve uma carreira bem vitoriosa.

Que a porta de entrada não seja a Sauber mas que possa ser alguma equipe pequena como a Marusia mesmo, vide o Bianchi que apesar do carro ser terrível mas conseguia mostrar consistência.

Parabéns a ela e tomara que consiga alinhar no grid ano que vem ou em 2016.
Hum... sou super a favor!!!! Acho que temos mesmo que ter um lugar na F1, mas acho que se for para fazer que façamos DIREITO! Que seja para competir, e não fazer figuração... tipo a Susie do Totó! Aquilo ali é ridículo, uma piada!

Temo que depois a porta se feche de uma vez.

Bjuss, tati

Postagens mais visitadas deste blog

Feliz Aniversário, Alonso!!!!