A audiência caiu em 2013

Domínio de Vettel faz F1 perder 50 milhões de telespectadores em 2013. Brasil segue com maior audiência

A audiência mundial da F1 na TV perdeu 50 milhões de espectadores na temporada 2013. A informação é do relatório anual de audiência global da FOM, empresa que administra a categoria. De acordo com Bernie Ecclestone, presidente da entidade, o fato ocorreu também por conta da "natureza menos competitiva das rodadas finais" da temporada.

Sebastian Vettel conquistou seu quarto título mundial com três provas de antecedência e dominou as nove últimas corridas do campeonato, igualando o recorde de triunfos consecutivos estabelecido em 2004 pelo heptacampeão Michael Schumacher. Mesmo assim, até na Alemanha o número de telespectadores caiu 8,7% no último ano.

Mesmo sem vitórias desde 2009, o Brasil continua sendo o 'país da F1' e conta com a maior audiência entre todos os países que possuem os direitos de transmissão da categoria. Apesar disso, também houve queda por aqui: de 85,6 milhões para 77,2 milhões. Globo e SporTV dividem as exibições de treinos e corrida.
A baixa competitividade do campeonato de 2013, contudo, não foi o único fator a causar tamanha queda. Na China, por exemplo, houve a perda de 29,8 milhões de telespectadores – de longe a maior derrocada. O fato se deu por conta da mudança no formato de transmissão, que saiu da emissora estatal CCTV e passou para uma rede privada de 13 retransmissoras regionais. De acordo com Ecclestone, isso foi feito no país asiático "para assegurar que a F1 tenha cobertura ao vivo de todas as sessões classificatórias e GPs."

O mesmo efeito ocorreu na França, onde a troca da emissora aberta TF1 pela fechada Canal + provocou a perda de 5,8 milhões de pessoas – de 16 para 10,2 milhões.


Por outro lado, no Reino Unido e na Itália a audiência subiu por conta de uma iniciativa inovadora: a de transmissão em 'pool' entre emissoras abertas e pagas. O aumento entre os britânicos foi de 1,7%, enquanto para os italianos, chegou a 2,9%. O mesmo ocorreu nos EUA, com o ganho de 1,7 milhões de telespectadores por conta da transmissão entre Fox Sports, Speed Channel e NBC Sports. O total na América chega, agora, a 11,4 milhões.
(fonte: Grande Prêmio)

***

UAU!!!!! Ninguém esperava por isso!!! Nem eu!!!!!! #sóquenão

Enquanto tudo continuar como está, será disso para pior...

Eu, pelo menos, só continuo por Alonso, caso contrário ...

Bjusss, Tati

Comentários

Ana Laura disse…
"mesmo assim,até na Alemanha
o número de telespectadores caiu 8,7% esse ano" ... Até os próprios alemães não suportam o Vettel kkkkkkkkkkkk risos eternos

Postagens mais visitadas deste blog

Para Lu... um Feliz Aniversário!!!!!!

Historinhas... é a vez de Niki Lauda