FIA libera os números dos pilotos

FIA divulga numeração oficial, Vettel mantém #1 e Maldonado escolhe 'número do azar' para 2014

Anúncio feito nesta sexta-feira (10) revela opção do alemão da Red Bull pelo #1 que lhe é de direito, além do #5 pelo decorrer da carreira. O mítico #27 ficou com Nico Hülkenberg, enquanto o #13, considerado 'número de azar', foi escolhido por Pastor Maldonado

A FIA divulgou nesta sexta-feira (10), através de comunicado oficial, a lista de numeração dos pilotos já inscritos para a temporada 2014 da F1. Entre os nomes divulgados, apenas a dupla da Caterham e o segundo piloto da Marussia – ainda não confirmados – ficaram fora da lista. Os demais 19 competidores já escolheram seus números.

Sebastian Vettel optou por usar o #1 que lhe é de direito por ser o atual campeão da categoria, mas para o decorrer da carreira, escolheu o #5. Lewis Hamilton, que ainda não havia anunciado sua escolha, ficou com o #44, enquanto Pastor Maldonado, novo piloto da Lotus, escolheu o temido #13 – número não-utilizado por nenhum piloto desde meados da década de 1970, por ser considerado 'de azar'.

O mítico #27, escolha inicial de Jules Bianchi, da Marussia, ficou com Nico Hülkenberg, da Force India – possivelmente já pensando em uma futura transferência para a Ferrari. O francês, por sua vez, ficou com o #17. Adrian Sutil, agora na Sauber, fechou com o #99. 

A escolha de Daniel Ricciardo pelo #3, por consequência, mantém a Red Bull com os números mais baixos do grid. Fernando Alonso e Kimi Räikkönen, dupla ferrarista, correrão com #14 e #7, respectivamente. 

A numeração da Toro Rosso também chama a atenção, por ser a única sequencial: Jean-Éric Vergne correrá com o #25, enquanto o novato Daniil Kvyat usará o #26. O par de números marcou época nos carros azuis da Ligier durante os anos 1970/1980. Modesto ao contrário, o jovem russo foi na contramão de quem busca números históricos e afirmou que com o #26, "a história será feita".

Fonte: Grande Prêmio
Fonte: Grande Prêmio

Uma bobagem sem fim esta coisa de escolher números. Não faz a menor diferença. Mas tudo bem! Que seja! 

Os octetes ficaram com o 6 (Nico), 7 (Kimi), 14 (Fernando), 22 (Jenson) e Vettel optou ficar com o 1 (doido se ele não ficasse...rsrsrs...) e o 5 para o resto de sua carreira na F1. E por que os dois? Porque segundo a FIA, quando estabeleceu esta história dos números, o campeão vigente tem o direito da escolha entre o número que recebeu por vencer o mundial ou o número escolhido.

Vamos exemplificar? Se Kimi vencer este ano, em 2015 ele pode usar o 1 (por direito) ou o 7, que já é dele. 

Agora a única coisa que confesso, estava curiosa para saber, era se alguém escolheria o 27. Hulk o fez. 

E espero que Kimi fique longe do número 13!!!! #batenamadeira rsrsrs 

Beijinhos, Ludy

Comentários

Manu disse…
Fiquei com aquela de que o 19 podia ser de qualquer um, menos do Massa. ¬¬' (É meu dia de aniversário)
Bobagem essa de número, mas curti do Kimi e do Alonso. Sete é um número cabalístico. E o dobro dele, 14. Tão de parzinho bom rsrsrsrs... #viajei rsrsrsrs...

=*
Anônimo disse…
Ludy
Axu q o kimi escolheu o 7 por causa de 2007, ders...
Edilaine
Bia disse…
Espero q o Vettel nunca tenha que usar o 5. =D
Vanessa M. disse…
Concordo, esse lance dos pilotos escolherem os números é uma bobagem sem fim... Penso que poderia ser como no passado, as equipes tendo seus números característicos e não os pilotos, mas enfim... Espero que possamos ter uma boa temporada este ano.

Postagens mais visitadas deste blog

Feliz Aniversário, Alonso!!!!