Especial Kimando 2014: Octeto Entrevista: Ludy e Tati - Parte 2

Segue a segunda e última parte do Octeto Entrevista para o Especial Kimando 2014. 

Perguntas de Ciro Mota

Tati e Ludy, nesse último ano, na primeira etapa da temporada, o carro da Lotus tinha um desgaste de pneus bem menor do que os das outras equipes e o Kimi se aproveitou disto para ter boas estratégias. O Alonso conseguia lidar com o que tinha em mãos e sabia encontrar o ponto exato dos pneus utilizando eles na hora certa (nem em todas as provas isso funcionou). Então a pergunta: Acham que os dois terão algum empecilho para se adaptarem ao regulamento e qual dos dois se adaptará primeiro graças ao modo de guiar, apesar de serem parecidos? 
Pergunta boba e meio retórica, eu sei. =P

Ludy: Oi Ciro! Olha, não acho que nenhum dos dois terá dificuldade para se adaptar às novas regras. São pilotos muito experientes, já passaram por diversas mudanças nestes anos de F1 e sabem como as coisas funcionam. Acho que este é na verdade, um trunfo grande da Ferrari nesta temporada repleta de mudanças, a experiência de Kimi e Fernando e como a equipe usará o que ambos passarão para ela. Há alguns meses Emerson Fittipaldi, antes do GP do Brasil, esteve no programa “Linha de Chegada” e falou exatamente isto, como a Ferrari vai se beneficiar do feedback que seus pilotos darão a ela. E penso exatamente a mesma coisa, ainda que o ano seja de grandes mudanças. Quem vai se adaptar primeiro? Não sei. Não sei mesmo. Mas acho que o mais importante mesmo é a equipe como um todo sair na frente das adversárias, aí sim será vantagem.

Tati: Oi Ciro! Obrigada pela pergunta!!!! Bom, vamos lá... hehe Penso que Kimi e Alonso, os mais velhos hoje na F1, vem de uma geração super talentosa. Eles já passaram por várias mudanças de regulamento nestes 12 anos (foram pelo menos umas 4 até agora) e mesmo assim os dois nunca deixaram de estar lá, na disputa, então acredito sinceramente que nenhum deles terá problema para se adaptar rapidamente. Fora que hoje em dia com estes simuladores blaster master realistas (diferente do túnel de vento... rsrs), tudo será mais tranquilo. Já Mika Hakkinen recentemente disse que Kimi baterá Alonso justamente pelo que você perguntou, ele pensa que Kimi irá se adaptar melhor a este novo regulamento, deixando Alonso para trás. Não posso afirmar nada, mas se eu pudesse responder ao Mika, eu diria apenas que uma das maiores/melhores características do Fernando, o piloto, é a capacidade de adaptação. E nós alonsistas sabemos que Alonso sabe o quão difícil será 2014, em todos os sentidos, e por isso ele irá se preparar como nunca para provar ao Mika, e aos que não acreditam que ele possa bater um companheiro de equipe forte, que estão todos errados.

Pergunta de Ester dos Santos

Olá meninas do Octeto. Meninas essa ideia do Kimando é muito legal O bacana é que nós torcermos para pilotos diferentes, e mesmo assim nos entendemos! (Eu por exemplo, sou uma feliz torcedora do Lewis). Pergunta para a Ludy: O que você acha da motivação do Kimi para continuar na F1 por vários anos? Não, não quero dizer que ele está desmotivado, pelo contrário. Mas Kimi tem outros interesses como rali e a própria vida pessoal. Será que ele vai ficar muitos anos na F1 ainda? E quais seriam outras alternativas se ele decidisse sair da F1?
Beijos, Ester

Ludy: Olá Ester!! Kimi nunca teve problemas de motivação, ele mesmo já falou isto algumas vezes. O que acontece é que a F1 e as equipes pelas quais ele competiu antes de sair em 2009, nunca o entenderam perfeitamente como aconteceu com a Lotus, por exemplo. Ele se viu cansado, como todos nós cansamos, às vezes, em nossos trabalhos, mas ele jamais perdeu a motivação, pois se o tivesse feito, como ele próprio já declarou, não teria continuado na F1 e nem sequer voltado. A verdade é que eu só acho que Kimi seja um pouco diferente na maneira de agir em relação aos outros pilotos, e se a equipe em que ele está não entende isto, daí as coisas não dão certo. Sobre o tempo que ele ainda ficará na F1, olha ele disse que não fica até os 40. Acho que ele encerra depois da temporada de 2015, ou seja, teremos só mais dois anos de Kimi, este e ano que vem. E quando ele sair, acho que tentará o rali novamente. Talvez. Ele disse que tem vontade de voltar.

Perguntas da Ana

Olá meninas!! Bom, minhas perguntinhas sobre Alonso e Kimi, vão ser, de certa forma, trocadas: "Ludy, para você, qual foi o melhor momento (corrida, declaração, publicidade etc) do Alonso na Ferrari até hoje?"; 2ª pergunta: "Como você acha que será a relação Ferrari (parte administrativa, LDM e Domenicali) com o Kimi, vão deixá-lo solto como a Lotus fez ou vão enchê-lo de eventos de PR?"
Tati: idem à a primeira pergunta da Ludy, só que com o Kimi, ou seja, "Qual foi o melhor momento (corrida, declaração, publicidade, etc) do Kimi na Ferrari?"; 2ª pergunta: "Tati, como você é Expert no assunto Alonso, como você acha que será a relação entre os dois na próxima temporada, uma vez que não se pode basear no que a mídia diz e qual será a reação do Alonso ao longo da temporada?"
Beijos Ana!

Ludy: Oi Ana!!!! Olha, a resposta da primeira pergunta é um pouco complicada porque eu não acompanhei a F1 muito em 2010 e 2011, então vou me manter nas temporadas de 2012 e 2013 para responder ok? Achei marcante as vitórias de Alonso em Valência (2012) e na Espanha, ano passado. Foi emocionante. Ele tem sorte porque já venceu corridas em casa, Kimi nunca terá este privilégio. Agora declarações e publicidade, não sei, porque não acompanho muito aprofundadamente, mas gosto de acompanhar o que ele fala no twitter, pois isto o aproxima mais dos fãs, acho bacana... rsrsrs... 

Com relação à segunda pergunta, sinceramente, não, a Ferrari não deixará Kimi mais livre como a Lotus, isto é fato, mas Räikkönen também não deixará de fazer os compromissos que precisarem ser feitos. Acho é que a Ferrari se deu foi é bem, terá dois pilotos de peso e imagem para dividir entre os patrocinadores e acredito que isto vai ser bom para eles também. Assim nenhum fica sobrecarregado, porque convenhamos o peso midiático e financeiro de uma dupla Kimi-Alonso é inegável.

Tati: Hummm, deixe-me ver. Acho que tenho dois momentos marcantes de Kimi na Ferrari: no Canadá 2008, quando o nosso "querido" Lewis encaixotou a ferrari dele numa daquelas barbeiragens clássicas do inglês, e Kimi no AUGE de sua "raiva" fez um sinal para Hamilton, do tipo "você é cego, seu idiota?". (Ok, o idiota é da minha cabeça! hehehe). O outro momento foi o da Malásia (2009) com o famoso Magnum com Coca-cola. Sem dúvida, dois momentos marcantes. E se fosse falar de vitórias, seriam as de Spa, onde ele domina como ninguém... hehe 

Tati: Ana,  A 2ª. Pergunta... hehehe... sinceramente acho que a relação dos dois será tranquila, não os vejo como melhores amigos, pelo menos não de início. Alonso não é Vettel e Kimi não é Webber. Mas haverá respeito entre eles, e é isso que importa no final das contas. Sobre a reação do Alonso, bem, não vejo razão para ser diferente dos outros anos em que esteve na Ferrari. Alonso sempre deu 100% em todo tempo que esteve guiando a Ferrari, e fará de tudo que estiver ao alcance dele para ser o primeiro piloto na pista e para no final, ser o escolhido. E se preparará para isso, e muito. Talvez seja este o único fator que mude um pouco, afinal ter Kimi ao seu lado requer muito mais preparo físico e mental do ter Felipe Massa. No resto, Alonso fará o que sempre fez em cada corrida na F1: se doar 110% e fazer o seu melhor. Não há porque mudar agora.

Perguntas de Luana

Tati: 1-) Como você definiria,o Alonso dentro e fora das pistas (no sentido de redes sociais,mídia, personalidade,estilo de pilotagem, relacionamento com a equipe)?
2-) O que você espera da relação entre o Alonso e o Kimi ano que vem?
3-) Ludy para você, porque o Kimi é um piloto que tem muitos fãs no Brasil? Quais características principais dele, que na sua opinião, o faz ser popular, querido no Brasil?
4-) Ludy, o que você espera de positivo e negativo (se tiver algum ponto negativo), na relação do Alonso e Kimi?

Tati: Alonso dentro da pista: um piloto completo porque é um bom em todos os setores. É inteligente, sabe analisar uma corrida como ninguém, sabe quando esperar e quando atacar, sabe agir perfeitamente conforme a música. É muito adaptável. Alonso fora das pistas: é cara normal. Pelo menos assim o vejo. hehe... Como todos nós, ri, chora, erra, acerta e agora posta fotos no Instagram! hehehe. Uma coisa das coisas que mais gosto no Fernando é que ele sente as coisas, sei que ele fica P*%$# quando perde um título ou uma corrida. Sei que eu nunca estarei sofrendo à toa por alguém que não liga para nada (basta ver o comportamento dos jogadores de futebol por aí, após grandes derrotas –muitos saem para comemorar #argh). Ele também fala o pensa, sem rodeios. #adoro Além disso, ele deixa transparecer suas emoções, embora muitos o julguem calculista e teatral #wtf. Alonso é mais transparente do que muito gente fala, pelo menos para mim que o sigo há 9 anos. Para mim às vezes basta uma foto... e está TUDO lá, à vista! Gosto também porque ele fala o que EU falaria, e isso me impressiona. Talvez isso aconteça porque tudo que eu aprendi na F1 tenha sido com e através dele. Posso me considerar uma alonsista bem “doutrinada”. Acho que é isso, falei demais ...hehehe

Tati: Luana, como disse na resposta da Ana, penso que será uma relação tranquila. Eles são pessoas opostas, mas que podem se dar super bem, e muito melhor do que a maioria poderia imaginar. Se serão melhores amigos de infância, tipo BFF?! Acho que não, mas aonde está escrito que eles precisam ser assim, né?!? hehe. Embora o mundo da F1 torça para exatamente o contrário: querem ver o circo pegar fogo! hehehe

Ludy: Oi Luana! Vamos à primeira pergunta. Fora o fato que ele é fodástico dentro das pistas, acho que não só no Brasil, mas em todo mundo, Kimi tem uma personalidade forte e misteriosa ao mesmo tempo, e isto atrai as pessoas. Ao separar bem o piloto de corridas extremamente talentoso que é, do homem Kimi Räikkönen, este mistério da personalidade dele fora das pistas acaba por influenciar o personagem Iceman dentro delas. Isto é meio magnético para gente. Fora que ele é direto nas respostas (o que para muitos é grosseria) e faz questão de curtir a vida, sem pensar que é um cara famoso, mas sim uma pessoa normal e eu acho que os fãs acabam se conectando um pouco com isto. Sei lá... rsrsrs...

Agora vamos para a segunda. Sinceramente, espero uma dupla forte, focada, preparada, experiente e talentosa, que vai definitivamente fazer o que tiver ao alcance deles dois, o melhor possível. Se o carro vai ser competitivo para que eles otimizem ainda mais o talento deles e vençam títulos, só os deuses do esporte sabem, porque eu não tenho a menor ideia... rsrsrs... Acho que eles se darão bem, vão ser adversários justos um com o outro, dentro e fora das pistas. São dois pilotos experientes e campeões mundiais e já passaram por muitas coisas na F1 para não se comportarem como tal. Dentro das pistas e fora delas. Enfim, como você pode ver, estou otimista com relação aos dois, estou mesmo. E curiosa também, quero vê-los juntos. Sempre quis que um dia isto acontecesse e agora que realmente vai rolar, estou realmente curiosa.

********

Bom, é isto pessoal! Obrigada Wagner, Manu, Talita, Ciro, Ester, Ana e Luana que dedicaram um tempinho para enviarem as perguntas. Valeu!!!

Beijinhos, Ludy

Comentários

Adorei as suas respostas irmã!!!

Teremos bons momentos em 2014!!! Assim eu espero!!!! hehehehehe

Bjusss, tati
Manu disse…
Maneiro as perguntas e as respostas! Show!

Nada a acrescentar, afinal está tudo ok \o/

=*
Vamos sim Tati!!! Vc vai ver!!! :)

bjs, Ludy

Postagens mais visitadas deste blog

Feliz Aniversário, Alonso!!!!