Ogier vence Rali da Finlândia

WRC: PELA PRIMEIRA VEZ NA CARREIRA, OGIER CONQUISTA O RALI DA FINLÂNDIA

Situação do francês no campeonato é tão cômoda que ele pode se dar o luxo de não chegar mais entre os três primeiros nas próximas cinco etapas

Lucas Berredo
03/08/2013

Sébastien Ogier confirmou neste sábado sua primeira vitória no Rali da Finlândia. O francês selou o triunfo por uma margem de 36s6 sobre o segundo colocado Thierry Neuville e disparou na liderança do WRC, abrindo 90 pontos de vantagem sobre seu companheiro de equipe, Jari-Matti Latvala, na tabela do Mundial.

A situação de Ogier no campeonato é mais que cômoda. Terceiro colocado na temporada 2011, o piloto da Volkswagen pode se dar o luxo de encerrar as próximas cinco etapas abaixo do top 3 e, ainda assim, ficar com o título. Isso porque os vice-líderes Latvala e Neuville não podem atingir mais de 231 pontos na tabela, ou seja, se, na pior das hipóteses, o francês obter apenas cinco quartos lugares no trecho final do campeonato, ainda terminaria o ano 11 pontos à frente da concorrência.

Na Finlândia, Ogier assumiu o controle da prova na tarde da sexta-feira, quando saiu à frente de uma apertada disputa com Neuville e seu companheiro de M-Sport, Mads Ostberg, e Mikko Hirvonen, da Citroen. Os quatro lideraram em vários momentos do evento, frequentemente cobertos por apenas alguns segundos.

Ogier, contudo, se distanciou dos demais e, já no início do último dia, sustentara folga de 40s sobre o trio concorrente. A vantagem se esticaria mais com um novo recorde de volta no lendário Ouninpohja, o que praticamente confirmou a vitória para o francês.

Hirvonen perdeu contato com os líderes ao se deparar com uma tempestade em Himos na quinta à tarde e Neuville e Ostberg se tornaram os únicos na luta pela vice-liderança. Os dois pilotos da M-Sport trocaram posições por quatro vezes durante a manhã do sábado e a situação se definiu apenas no penúltimo estágio, quando o norueguês saiu da estrada e rodopiou com o Fiesta ao se esquivar de um rochedo. Na sequência, Neuville venceu o power stage e confirmou o segundo lugar. 

Com Ostberg garantindo a terceira colocação, esta foi a primeira vez, desde 2003, que o Rali da Finlândia não teve um piloto local no pódio. Dez anos atrás, Markko Martin, Petter Solberg e Richard Burns terminaram entre os três primeiros e Tommi Makinen, em sexto, foi o melhor finlandês no páreo. 

Na classe WRC-2, Jari Ketomaa ficou com a vitória e completou o percurso em sétimo, seguido de Robert Kubica na vice-liderança e na nona colocação geral. A próxima etapa do WRC (Mundial de Rali) se dará na Alemanha, entre os próximos dias 23 e 25.


Fonte: Tazio

É, o campeonato 2013 no WRC já tem o seu dono. Ogier levou o Rali da Finlândia pela primeira vez na carreira e está com a vida tão fácil nesta temporada que nem chegar entre os três primeiros mais ele precisa.

Fiquei contente pelo segundo lugar do Thierry Neuville e também pelo 10º do Andreas Mikkelsen, que mesmo com os problemas ficou no top 10 e pode ganhar experiência neste evento que está de fato, entre os mais difíceis do calendário.

Agora é ver quantas etapas mais Ogier vai vencer até o final do mundial.

Beijinhos, Ludy

Comentários

Melli disse…
dois anos consecutivos com franceses vencendo um rali que era totalmente dominado pelos finns, uhn uhn, não gosto nadinha disso!

hoje vi um texto dizendo que a Citroën está desapontada com o desempenho do finlandes Mikko Hirvonen, eles devem ter vontade de morrer por terem perdido o Seb. Ogier pra VW. eu acho que esses franceses tem algum segredo pra serem tão bons no wrc. infelizmente mais um ano sem mta novidade do começo ao fim do campeonato.
Pois é...digamos que a vingança do Ogier veio na medida certa. De desprezado a campeão!

Ludy

Postagens mais visitadas