Kimi encerra o dia em Jerez na frente

Kimi supera Bianchi por 27 milésimos e fecha sexta-feira em Jerez na ponta

Finlandês, porém, não desbancou tempo de Massa, que termina como o mais rápido na primeira semana da pré-temporada; Vettel encerra sexta-feira em 3º e Razia, 11º

Lucas Berredo
08/02/2013

Kimi Raikkonen, da Lotus, foi o mais rápido no último dia de testes coletivos da F1 em Jerez de la Frontera, no sul da Espanha.

Nesta sexta-feira, o finlandês superou, de pneus macios, o antigo líder Sebastian Vettel por 0s417 – que havia marcado seu melhor tempo com compostos duros – e encerrou na frente a bateria final da pré-temporada na Andaluzia.

Raikkonen só não pôde baixar a marca de Felipe Massa, da Ferrari, que na última quinta-feira fez 1min17s879 com pneus macios e encerrou a semana com o melhor tempo. Com 1min18s148, o escandinavo ficou a dois décimos de desbancar o vice-campeão de 2008.

Vinte e sete milésimos atrás de Kimi, Jules Bianchi, um dos favoritos para assumir a segunda vaga da Force India, terminou o dia em segundo lugar. Logo após o intervalo de almoço, o francês registrou 1min18s175 de pneus macios e ficou com a liderança até as 15h locais (13h no Brasil), quando Raikkonen assumiu o topo.

Sebastian Vettel, que havia sido o líder no período matutino, não melhorou seu tempo e terminou o dia na terceira posição com 1min18s565. O alemão da Red Bull, entretanto, dedicou a tarde de treinos para verificar o comportamento dos pneus duros e evitou stints com compostos macios, ao contrário dos dois primeiros.

Esteban Gutiérrez, da Sauber, também não evoluiu sua marca da manhã e encerrou em quarto, à frente de Jean-Éric Vergne, da Toro Rosso, e Lewis Hamilton, da Mercedes. Em sexto lugar, o campeão mundial compensou a falta de quilometragem em seu primeiro dia com 144 voltas completadas nesta sexta-feira. Durante a atividade inteira, ele andou com pneus duros.

Sergio Pérez, da McLaren, fechou a sexta-feira em sétimo, seguido por Valtteri Bottas, da Williams, e Pedro de la Rosa, que conseguiu recuperar sua Ferrari após o acidente sofrido no início da manhã. O espanhol completou 50 voltas. 

Luiz Razia, da Marussia, terminou o dia na penúltima posição, mas pôde comemorar uma pequena vitória: contando com os tempos das quatro sessões, o brasileiro superou o colega de equipe Max Chilton por 43 milésimos. O baiano, que completou 82 voltas nesta sexta-feira, ficou logo atrás de Charles Pic, da Caterham, e à frente de Paul di Resta, da Force India, que tomou o carro de Bianchi nas duas últimas horas da sessão. 

A próxima rodada de testes na F1 acontecerá entre os dias 19 e 22 de fevereiro, em Barcelona (Espanha). 

Testes de pré-temporada – Jerez de la Frontera (dia 4):

Fonte: Tazio
Fonte: Tazio

Obviamente ser primeiro em treinos não é uma das coisas mais importantes, mas é bom quando acontece. :)

Espero que estes dias de testes tenham dado à Lotus bastante informação sobre o E21 e que na próxima rodada de testes eles já possam utilizar este feedback para melhorar o que for preciso.

E o nosso outro octete na pista em Jerez, Sebastian Vettel, ficou com o terceiro tempo, depois de liderar pela manhã. 

Beijinhos, Ludy

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Feliz Aniversário, Alonso!!!!