Villeneuve será comentarista de F1 da TV italiana em 2013

Campeão mundial em 1997, Villeneuve volta à F1 como comentarista de TV italiana em 2013

Jacques Villeneuve está de volta à F1. Campeão mundial na temporada de 1997, o piloto canadense, hoje com 41 anos, será comentarista da emissora italiana Sky durante todas as corridas de 2013 ao lado de Marc Gené, que trocou a TV espanhola Antena 3 pela Sky Italia

Jacques Villeneuve vai se unir ao time de ex-pilotos de F1 que passaram a exercer a função de comentarista de televisão. A partir desta temporada, o franco-canadense, hoje com 41 anos, fará parte da cobertura da emissora Sky Italia e estará em todas as 19 corridas do Mundial de F1 em 2013. Campeão mundial de F1 em 1997, Villeneuve, que ainda disputa corridas esporádicas na Nationwide — segunda divisão da Nascar —, nos Estados Unidos, vai integrar a Sky Italia ao lado de outro comentarista, este um pouco mais experiente. Piloto de testes da Ferrari, Marc Gené deixou a emissora espanhola Antena 3 e é o novo reforço da Sky italiana.

Em entrevista ao diário italiano ‘La Gazzetta dello Sport’, Villeneuve confirmou que será profissional da imprensa em 2013. “Assistindo às corridas pela TV, às vezes fico com raiva sobre o que os outros estão dizendo. Agora, talvez alguém vai ficar com raiva de mim”, comentou o ex-piloto da Williams, BAR, Sauber, BMW e Renault. 

Nos paddocks da F1 pelo mundo, Villeneuve vai dividir espaço com outros ex-pilotos e atualmente comentaristas. Damon Hill, seu ex-companheiro de equipe na Williams, que integra o time da britânica Sky Sports, assim como Johnny Herbert e Martin Brundle. David Coulthard é comentarista da BBC. Christian Danner faz parte da equipe da alemã RTL, enquanto Mika Salo é membro da finlandesa MTV3. 

No Brasil, Luciano Burti é o ex-piloto comentarista da Rede Globo, que pôde contar com Rubens Barrichello no pit-lane na última corrida de 2012, o GP do Brasil, e foi bastante elogiado pela sua desenvoltura. Atualmente na Stock Car, o experiente piloto da Full Time não terá compromissos com a categoria brasileira caso queira exercer a função de comentarista neste ano.

Fonte: Grande Prêmio

Fico feliz e tensa com esta notícia. Meus motivos para ficar feliz: verei Jacques durante o ano todo, algo que não acontecia desde 2006 quando ele saiu da categoria; Os octetes estarão ainda mais completos na F1, teremos 6; JV de volta com DC e JB na F1, este é motivo mais do que maravilhoso para me deixar feliz.

Agora o que me deixa tensa? Villeneuve vai trabalhar em TV italiana; Ele claramente não faz comentários positivos sobre Kimi, e neste ambiente, é óbvio que a situação vai me deixar irritada demais em muitas situações. Fora que quando falarem mal de Jacques, vou ficar irritada também. Então, estou prevendo um clima de chuvas e trovoadas que terei que suportar por causa disto. #aimeuPai

Ah, agradeço à amiga Yasmin que me passou o link da notícia. :)

Beijinhos, Ludy

Comentários

Eu nao gosto do Jacques, piloto marrento, barraqueiro, se acha muito e ainda acha que é um piloto sensacional, um dos melhores da história pq foi campeão... E em Road America em 2012 ainda tirou a Danica da corrida... Mas espero que ele consiga ser pelo menos imparcial na hora de dar as noticias!

Beijos, Alexandre.
Sinto dizer Alexandre, mas aqui o Octeto, amamos Jacques. :)

Sobre ele ser marrento até entendo, mas barraqueiro e que se acha sensacional? Não concordo mesmo... mas sua opinião, respeito.

Com relação a Danica, vi a corrida e acho engraçado que só o Villeneuve tem culpa nas batidas né? Aconteceu,não foi de propósito. Ele também saiu prejudicado.

Mas Nascar é assim não é? Cheia de batidas. Não é por isto que tanto amam esta categoria? Por que não o proíbem de correr lá então? Ficaria mais fácil pra todo mundo.

bjs, Ludy

Postagens mais visitadas deste blog

Feliz Aniversário, Alonso!!!!