Substituição

FIA aponta inglês para ocupar cargo de médico-chefe na F1

Função, antes exercida por Gary Hartstein, passará a ser ocupada por Ian Roberts, ex-médico-chefe do circuito de Silverstone

Bruno Ferreira
18/01/2013

A Federação Internacional de Automobilismo (FIA) anunciou que o médico Ian Roberts será o novo coordenador de resgates da F1, substituindo Gary Hartstein, que não teve seu contrato renovado ao término da temporada de 2012.

“Enquanto o professor Piette [Jean-Charles, delegado médico permanente da F1] supervisionará as operações de emergência da torre de controle da corrida, o Dr. Roberts irá à pista. Sua função principal é supervisionar a ação da equipe médica local”, disse a entidade, em comunicado oficial.

Hartstein, cuja saída do cargo não foi explicada por completo, parabenizou seu sucessor por meio de sua conta no Twitter. “Parabéns, Ian. Certamente você estaria no topo da minha lista”, escreveu. “É realmente um bom médico, habilidoso líder, um grande cara. Muita sorte e se divirta.” 

Roberts foi, por muitos anos, médico-chefe do circuito de Silverstone, na Inglaterra, também sendo responsável pelos trabalhos durante os GPs da Grã-Bretanha de F1.

Fonte: Tazio

Troca troca no staff médico da F1.

Beijinhos, Ludy

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Feliz Aniversário, Alonso!!!!