Espaço para evolução

Tricampeão Vettel considera que ainda pode evoluir como piloto

“Ainda sinto que há aspectos aqui e ali onde podemos melhorar. Essa é a filosofia e o espírito que dividimos com toda a equipe”, comentou o alemão
Bruno Ferreira
22/12/2012
 
Sebastian Vettel, que conquistou na temporada de 2012 o seu tricampeonato mundial de F1, considera que ainda deverá evoluir como piloto nos próximos anos.

Desde que chegou à F1, o alemão de 25 anos teve uma carreira meteórica. Logo em sua estreia, no GP dos Estados Unidos de 2007, se tornou, aos 19 anos, 11 meses e 14 dias, o piloto mais jovem da história a marcar pontos.

No ano seguinte, já na Toro Rosso, surpreendeu ao marcar a pole position e vencer o GP da Itália, em Monza, obtendo o recorde de precocidade também nestes quesitos. Foi vice-campeão em 2009, já com a Red Bull, e, a partir de 2010, iniciou uma sequência de três títulos consecutivos – algo conquistado somente por grandes lendas do esporte: Juan Manuel Fangio e Michael Schumacher.

Mesmo que tenha monopolizado o campeonato em parceria com a Red Bull, o alemão acredita que ainda há margem para melhora para os próximos anos. “Em termos de resultados, os últimos três anos foram perfeitos, mas ainda sinto que há aspectos aqui e ali onde podemos melhorar. Essa é a filosofia e o espírito que dividimos com toda a equipe. Sempre podemos ir melhor”, disse Vettel, em entrevista ao site da revista inglesa “Autosport”. 

O alemão afirmou que não reflete muito sobre suas conquistas, embora saiba o que seus últimos três anos representam. “No momento, eu não penso muito no que aconteceu nos últimos três anos. Estou extremamente feliz e orgulhoso daquilo que conquistamos. Se pararmos para pensar, a situação parece ainda mais incrível quando olhamos para as outras pessoas que conquistaram o mesmo no passado. Mas o melhor é não parar para pensar e continuar focado no que fazemos. Estamos nos divertindo, temos paixão e isso faz a diferença.” 

Vettel iniciará a busca pelo tetra em 2013 novamente na equipe Red Bull, já que seu contrato com o time austríaco expira ao término da temporada de 2013. No ano que vem, seu parceiro de time será novamente Mark Webber, com quem divide a garagem desde 2009.

Fonte: Tazio

Mas é assim na vida normal e com certeza é também na F1. Evoluir sempre. 

Comparando com algo mais gente da gente... rsrsrs...é como se estivéssemos em um emprego onde vamos melhorando de cargo porque fomos competentes. Se a gente não se prepara ainda mais para as responsabilidades que chegam com a promoção, definitivamente não estamos evoluindo como deveríamos.

Vettel está certo. Ainda há muito espaço para evolução dele como piloto, ainda mais sendo novo como é e com uma carreira que está só no início.

Beijinhos, Ludy

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Feliz Aniversário, Alonso!!!!