Red Bull deve ser a nova promotora do WRC

Red Bull fecha acordo com FIA e deve ser anunciada como nova promotora do WRC, diz revista

Segundo reportagem da revista britânica ‘Autosport’, a Red Bull vai preencher a lacuna deixada pela falida North One Sport e será a nova promotora do Campeonato Mundial de Rali

Depois de meses de negociações e de uma importante lacuna deixada desde o fim do ano passado, o WRC está prestes a anunciar um novo promotor. Depois que a North One Sport faliu e não pôde mais promover o Mundial de Rali, a FIA (Federação Internacional de Automobilismo) vem procurado, sem sucesso, um sucessor para desempenhar a importante função. E segundo reportagem da revista britânica ‘Autosport’, acabou a busca. A Red Bull Media House está prestes a ser anunciada como a nova promotora do WRC.

Outra importante publicação do rali, a revista alemã ‘Rally Magazin’, também dá como certo o desfecho da negociação. Segundo a reportagem, existe até mesmo a possibilidade de que o anúncio da Red Bull como promotora do WRC seja já no Rali da Alemanha, dentro de duas semanas, em Trier. Contudo, é sabido que para que a decisão seja oficializada é necessária a aprovação do Conselho Mundial do Esporte a Motor, que será realizado em setembro.


A Red Bull Media House vai controlar, juntamente com a FIA, o WRC a partir da próxima temporada depois de vencer uma concorrência com outras duas empresas: a Eurosport Events e um conglomerado da África do Sul, a Kagisa Media. A reunião que decidiu o novo promotor do WRC aconteceu em 31 de julho. Estiveram presentes Jarmo Mahonen, presidente da comissão do WRC, Michèle Mouton, diretora da FIA para o WRC, as equipes e os patrocinadores do Mundial de Rali. 

A Red Bull é a principal patrocinadora da Citroën e deve também ser a maior apoiadora da Volkswagen, que ingressa no Mundial de Rali de forma oficial na próxima temporada. Contudo, Yves Matton, diretor da Citroën, entende que a vinda da Red Bull como promotora do WRC será benéfica para todos, mas deixou claro que o envolvimento da empresa de Dietrich Mateschitz com a equipe francesa não terá influência alguma.

“Acho que a [Red Bull] Media House promovendo o campeonato seria ótimo, mas seria algo diferente da Red Bull, que é patrocinadora da equipe”, garantiu o dirigente francês, confiando no potencial da empresa dos energéticos para alavancar o WRC. “Quando eles fazem alguma coisa, eles o fazem corretamente e não querem só fazer nome com a promoção. Se optarem mesmo por investir no Mundial de Rali, é porque eles querem fazer um bom trabalho, caso contrário o certo seria nem mesmo eles tentarem fazer isso”, comentou Matton.

Fonte: Grande Prêmio

Se for bom para manter o WRC vivo e deixar a gente bem mais informado e com mais opções de acompanhar a categoria, será válido. Só não pode interferir nos resultados.

Beijinhos, Ludy

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Mas logo o Maradona??