Octeto Entrevista: Eduardo de Campos

Oi gente! Hoje é dia de Octeto Entrevista e o convidado do mês é Eduardo de Campos, um cara super bacana, meu amigo de altos papos no Facebook e que adora F1, filmes medievais, a Marilyn Monroe e que aceitou este convite do blog. 

Leiam abaixo as opiniões de Eduardo! Ficou um papo bem legal! :) 

Eduardo e sua linda família, a esposa Cláudia e o filhão Pedro Eduardo
1. Vamos começar com o básico. Fale-nos um pouco sobre você, o que faz, de onde é? 
Meu nome é Eduardo De Campos, 39 anos, nascido em Brasília-DF e vivendo há 19 em Belo Horizonte.Casado com Cláudia e pai do Pedro Eduardo.Trabalhava como Assistente Administrativo e agora busco uma oportunidade no interior de Minas.Estou mudando hoje, dia 29/08, para Turmalina-MG, terra natal de minha esposa. 

2. Quando você começou a acompanhar automobilismo e por quê? 
Comecei a acompanhar desde minha infância, nos anos 70.Meu pai diz que eu sempre o acordava para ver o Emerson Fittipaldi. Mas fiquei completamente alucinado com o sucesso do Nelson Piquet. 


3. Qual o seu piloto e/ou equipe favoritos na F1? 
O melhor de todos os tempos para mim foi Nelson Piquet e por causa dele gostava da Brabham e Williams. Hoje torço para o Kimi Raikkonen e as equipes Williams e McLaren. 

4. Como você vê a participação feminina nas pistas e fora delas? Mulher e automobilismo é uma boa combinação? O que você acha desta visão feminina sobre o esporte? 
Gostaria muito de ver uma mulher chegar à F1, mas em reais condições de alinhar no grid e não meramente como enfeite.Tal como aconteceu com a Giovanna Amati (Brabham) e Maria de Villota (Marussia).Gosto de ver a Danica Patrick na Nascar, mais para ver o lado explosivo dela quando é jogada fora da corrida.Muito invocada aquela baixinha...Acho que mulher e automobilismo combinam sim, por que não?Só não precisa ser de forma apelativa (grid girls quase nuas).Mulheres são muito capazes e torço para o sucesso delas.Quem sabe a Claire Williams não esteja à frente da equipe do pai daqui a alguns anos? 

5. Se você pudesse escolher dois ou três nomes de pilotos que não foram campeões do mundo de F-1, mas que mereceriam ter sido, quais seriam? 
Achava que o Massa merecia não ter perdido o título de 2008, até ouvir sua mais recente e constante choradeira.Reclama o incidente do Nelsinho em Cingapura, mas esquece que a Ferrari e ele cometeram outros erros mais idiotas naquele ano. Hans Harald Frentzen e Alessandro Zanardi poderiam ter tido uma sorte melhor também, quando correram pela Williams. Não posso deixar também de lembrar do Gilles Villeneuve. 

6. Qual a sua expectativa para a segunda metade da Temporada 2012 da F1? 
Espero que a Lotus finalmente desabroche e que possa dar ao Kimi melhores condições de vencer na temporada. E quem sabe, vencer a temporada? Embora acredite que o “Bruxo” Alonso não vá perder esse campeonato. Não há piloto tão completo quanto ele no grid. Embora eu não seja seu fã apaixonado. 

7. Qual o piloto que mais te surpreendeu positivamente? E qual te deixou decepcionado em termos de resultados, desempenho, até agora na temporada? 
Alonso (sempre) me surpreende.Tira leite de pedra.Mesmo o considerando o melhor da atual safra, não achava que ele estaria tão bem no campeonato até agora.Minha decepção continua sendo o Schumacher e a Mercedes.Já o Rosberg filho, eu não esperei muito dele. 

8. Como você vê o futuro dos pilotos brasileiros com relação na Fórmula 1? 
Nosso futuro é duvidoso.Massa e Senna já estão maduros para a categoria e não creio que terão mais condições de almejar resultados melhores do que os que já apresentaram.Vamos esperar que Luiz Razia e Felipe Nars tenham alguma oportunidade. 

9. No Brasil ao falarmos de automobilismo, especialmente de F1, há muito preconceito quando o torcedor revela sua admiração por um piloto estrangeiro e não um nacional. Como você vê esta situação? 
Acho idiotice isso de termos que torcer apenas para um brasileiro, como muitos acham o certo.Essas mesmas pessoas somente torcem para os brasileiros quando eles estão no auge.Basta a primeira derrota para serem duramente criticados. Fui criticado quando torci para o Alessandro Zanardi na Indy.Me achavam estranho por acompanhar a categoria e torcer para um estrangeiro, vibrar com sua vitórias nos ovais americanos. 

10. Além da categoria máxima do automobilismo, você acompanha alguma outra? 
Quando posso, assisto as corridas da Indy e a Nascar americana.Não acho que sejam subcategorias, como alguns críticos dizem. 


11. Como você conheceu o Octeto Racing Team? 
Através do Guardrail F1, da Priscilla Bar. Apesar de ter uma “visão” diferente, gostei de sua abordagem. 

12. Somos personalidades diferentes aqui no Octeto. Juntas, personalizamos o blog. Como você enxerga cada uma das “diretoras da equipe” mais louca do mundo do automobilismo? 
Como bem definiu em sua pergunta, vocês são meio loucas...rsrsrs.Já ri muito, principalmente dos comentários dos posts. 

13. Defina cada um dos octetes com uma palavra: Villeneuve, Alonso, Räikkönen, Coulthard, Button, Rosberg, Montoya, Trulli e Vettel. 
Na ordem, arrojado, bruxo, frio, mediano, cerebral, mediano 2 , descerebrado, quem?(rsrs), novo Kaiser...peraê, os octetes são nove??? 

14. Nestes quase cinco anos de ORT, qual foi o momento que mais te marcou? 
Acompanho mesmo de um ano pra cá e gostei de sua revolta com a Mariana Becker, quando ela fez aquela reportagem tendenciosa sobre o Kimi... 

15. O que você acha que o blog do Octeto trouxe de diferente para a sua maneira de ver a F-1? 
Vocês mostram a F1 de uma maneira diferente e divertida, mais humana até.Nos mostram que a categoria é feita ainda por pessoas e que por trás de todo o aparato tecnológico existe o lado humano.Gosto disso, pois não sou muito ligado ao lado técnico da coisa. 

 ********

E este foi o Octeto Entrevista do mês de agosto galerinha! Espero que tenham curtido, porque mês que vem teremos mais, é claro.

Eduardo, muito obrigada pela participação. Gostei muito do bate papo! :) E respondendo, são nove pilotos porque Vettel tornou-se octete depois que o grupo já estava formado e o Octeto já tinha sua identidade e por isto, não mudamos! rsrsrs

Beijinhos, Ludy

Comentários

bryan disse…
Penso a mesma coisa sobre a maneira diferente que o Blog do Octeto aborda a F1. Mas também gosto do lado técnico... E nesse quesito, a Ludy sempre dá um jeito de trazer informações valiosas para os leitores e fãs.
Manu disse…
Maneiríssimo esse papo com o Eduardo!
Mandou bem amigo! \o/

=*
Agradeço muito o convite e fiquei super contente.Esperemos que a segunda fase da temporada seja bem mais proveitosa, principalmente para o Homem de Gelo.Principalmente para calar de vez a Dona Globo e seus "isentos" jornalistas.

Beijos para as meninas e abraços aos marmanjos.
Julie disse…
Adorei o papo, Eduardo, parabéns!!

Postagens mais visitadas deste blog

Mas logo o Maradona??