Octeto Entrevista: As Diretoras do ORT - parte 2

Oi gente!!! Chego com a segunda parte do Octeto Entrevista com as Diretoras do ORT.

Se ainda não leram a primeira parte, basta clicar aqui.

Espero que curtam do restante da entrevista.

Perguntas da Manu 

1- Lu, você acha alguma possibilidade de comparar o jeitão do Rosberg em pilotar, com o Schumacher? (Eu acho viagem na maionese. Embora não ache Rosberg inferior ao Schumi, mas em nível, uma vez que Schumacher no auge estaria no mesmo patamar que Nico, mas em posturas de ação distintas)...
Nico às vezes arrisca menos do que podia. No início do ano ele estava bem louco e eu estava amando. Agora, voltou a ser mais diplomático. Na Alemanha, largando de trás fez bonito, mas tem que ser combativo assim sempre. Tem que achar o meio termo entre o audaz e o cara que calcula bem para não ferrar tudo com maldonadices. Não acho que dê para comparar, mas Nico tem algo de calculista do que Schuschu tem. Mas nada mais que isso.

2- Ludy, queria saber sua opinião sobre esses pilotos que algumas pessoas acham que agem certo em ser agressivos e algumas vezes até inconsequentes. Penso que é uma questão de saber medir as coisas, e se quando um piloto consegue ser rápido, sem ser grandioso em ultrapassagens, apenas sendo aquele cara limpo e justo, qual a necessidade do arrojo nesses tempos de KERS e asa móvel?
Manu, eu gosto de pilotos agressivos, acho o máximo quando o cara vai para cima, não se acomoda, que luta pelas posições, mas também creio que para tudo há um limite. É preciso saber respeitar os adversários se quiser fazer ultrapassagens. Dos pilotos que este ano estão na boca do povo como Maldonado, Grosjean e Perez, sou muito mais o Perez de todos eles. Não gosto da forma como Maldonado se joga nas ultrapassagens, não vejo nele, respeito pelos outros. Grosjean é um piloto rápido, não é doido como Maldonado, mas sinto que ele acha que é bom demais e por isto vai com tudo, achando que se garante, o vejo arrogante demais (e já li jornalistas do meio, como Livio Oricchio escreverem sobre a postura nada humilde do francês). Por isto gosto de Perez, é jovem ainda, tem seus momentos de erros, mas o acho mais calmo, mais limpo nas ultrapassagens, sem deixar de ser agressivo e por isto o vejo com uma carreira mais duradoura da F1. A segunda parte de sua pergunta, bom, acho que o KERS e a asa móvel não influenciam na agressividade não, eles continuariam sendo arrojados ou desastrados (depende do ponto de vista) mesmo sem estes dispositivos. 

3- Tati, algo foi comentado sobre Perez na Ferrari. Eu não sei o que pensar sobre, mas achei que isso não passava de especulação mal formulada. Mesmo que acontecesse, não acho que seria assim tão desastroso para equipe, muito menos para o Alonso, que por mim pode bater qualquer um. Para equipe qualquer coisa com mais fôlego e mais desenvoltura que o Massa, é lucro. Tati, o que pensa sobre esta especulação, mesmo que seja remota? O que vc faria escolheria como caminhos para que Alonso continuasse a trabalhar sem possibilidade picuinhas?
Oi Manu...Hum!!!! Adorei a sua pergunta porque é uma boa oportunidade de falar algumas coisas sobre esta modinha que rola de que Alonso não aceita piloto talentoso ao seu lado. Hehe Bom, mas vamos por partes...rsrs Eu não me importo que o Perez venha para o lugar do Massa, não mesmo! Aliás, acredito que seria até mais eficiente em ajudar Alonso, por exemplo, na disputa do título de pilotos do que o brasileiro, que não tem ajudado nem a si mesmo. Sobre o lance de picuinhas... bem, isso aí é papo de quem tem que arranjar algum defeito para o Alonso. Fernando é o melhor, o mais completo, já está entre os grandes, pelo menos entre os TOP 10 da história deste esporte, contra isso não há como lutar, então faz-se necessário criticá-lo de alguma forma, já que na pista não dá. Aí cria-se esta lenda no paddock. Agora mesmo, na recente especulação de Kimi na Ferrari (o que eu acho a maior bobagem), iniciou-se a ladainha que Alonso não deixaria. Versão ratificada por jornalistas como Livio Oricchio que INSISTEM na ideia de que Alonso só rende (oii????) se tiver a equipe só para ele. Ai meus sais... e pior que tem gente acredita nisso! Pois bem, eu sou do tipo de pessoas que acredita no amadurecimendo das pessoas. Se, depois de tudo que Alonso já viveu e conquistou na Ferrari, ninguém for capaz de perceber que ele não tomaria as mesmas atitudes que um dia tomou aos 24 ANOS e em uma McLaren onde DE FATO ele era desrespeitado, ou é cego ou faz parte do grupo citei lá em cima, os que arranjam desculpas para criticar o espanhol. Resumindo Manu: não me preocupo com ninguém que vá sentar no outro cockpit da Ferrari, porque sei que Alonso irá respeitá-lo assim como fez com todos os companheiros de equipe que teve, e que não haverá picuinhas porque Alonso amadureceu e porque na Ferrari não existe um homem chamado Ron Dennis.

Perguntas da Priscylla 

Para Tati: Assistindo a corrida de hoje (GP da Alemanha), Galvão e Cia comentavam o quão difícil seria tirar o título de Alonso nesse campeonato e acrescentaram que a evolução da Ferrari nas últimas provas contribuíam para isso. Você realmente acredita que a Ferrari evoluiu a ponto de ser um "plus" no desempenho do Alonso à frente dos outros pilotos ou que tudo o que foi conquistado até agora deve-se somente ao talento do espanhol? Pergunto isso porque penso que se a Ferrari evoluiu tanto assim, o resultado do Massa deveria ser um pouco melhor do que o apresentado até agora, não acha?
Oi Priscylla. Hum... vamos falar me números?! Se eu fosse colocar numa porcentagem, temos Alonso 65% e Carro 45%. Mas de fato, após Barcelona o carro evoluiu sim. Antes, mesmo com todo o talento do mundo e com muitos raios e trovões, Alonso não conseguiria fazer duas pole-positions. Antes disputávamos com Williams, Force India e Toro Rosso. Hoje já estamos batendo roda com Red Bull e McLaren e as superando, sinal claro, da grande competência do Alonso, mas também evolução do F2012. O Massa, bem... o caso dele é um misto de azar (sim, ele teve algumas vezes) + pressão + baixa auto-estima + desempenho fraco. É um misto de fatores que impedem o brasileiro de evoluir junto com o carro. Na verdade eu estou com pena do Felipe pois ele não tem culpa de ter Alonso como companheiro de equipe. Mas as comparações estão aí!

Para Lu: Não vou perguntar do Nicão hoje, meu assunto será Jenson Button. Desconsiderando as duas vitórias desse ano, na sua opinião, qual era o motivo dos resultados tão abaixo do esperado do nosso inglês bonitão? Até onde a McLaren influenciou nessa má fase?
É difícil medir sem estar lá dentro vendo as coisas. Acho que um pouco de cada um, Jenson já admitiu em entrevistas que só melhorou depois que mudou um pouco o jeito que pilota para se adequar ao que os pneus de bala de coco da Pirelli necessitam. Ele se perdeu um pouco quando foi pressionado e falou demais, deu sinais de crise. Mas, acho que está se achando novamente. È difícil dizer que problema é só ou na maioria das vezes do carro quando no outro lado do box seu companheiro vai bem melhor do que você e ele não é um cara muito dispare em talento do que você também. Sem contar, que às vezes estamos mesmo em uma maré de azar e as coisas simplesmente não vão para frente.

Para Ludy: Se formos comparar somente as primeiras temporadas do Kimi em Sauber, McLaren, Ferrari e Lotus, já dá pra dizer que de todas as equipes por onde passou até hoje, é na Lotus que o nosso finlandês está se sentindo mais em casa?
Sim Pri, eu acho que na Lotus Kimi realmente está se sentindo mais à vontade do que nas primeiras temporadas com as outras equipes pelas quais ele correu. Na Sauber era o ano de estreia dele na F1, uma adaptação geral, com carro, equipe, ambiente de trabalho, categoria, público, imprensa, enfim, com o mundo da F1. No primeiro ano de McLaren ele já era alguém conhecido, mas ainda assim, vinha para seguir os passos de um conterrâneo famoso e que tinha obtido sucesso com o time de Woking. Kimi passou os melhores anos de sua carreira na McLaren e por muito tempo, acredito, curtiu estar lá, mas todos sabem que Ron Dennis já estava o deixando meio louco no final... rsrsrs...Na Ferrari, o encantamento e a descoberta de um mundo totalmente diferente do dele no primeiro ano foram bacanas, mas no final, as coisas terminaram mal, mesmo com Kimi tendo sido campeão por eles. Acredito que ele quis agradar, do jeito dele, mas infelizmente não houve um entendimento maior entre as partes. E daí vem a Lotus, com este jeito de fazer graça do próprio Kimi e suas atitudes que viraram mito, como a paixão por sorvete, as brincadeiras com os cortes de cabelo, o “Oops”, até o tombo na Alemanha. Rsrsrs... O Kimi da Lotus curte os momentos como o menino de 19 anos da Sauber, mas encara os problemas como o piloto consagrado que se tornou, e a Lotus, esperta que é, faz uso da imagem popular do Iceman ao seu favor e dá a ele o espaço que ele precisa para ser assim. Há um entendimento entre as duas partes.

Perguntas da Carol

Para Tati: Estamos na metade do campeonato e após a 3° vitória do Alonso, você acha que já podemos dizer que o espanhol está com uma mão no título, devido a diferença de 35 pontos para o vice-líder Mark Webber? Você acredita que a Ferrari irá manter esse ritmo até o fim do campeonato?
Oi Carol, Bem...a nossa vantagem é boa, 40 pontos, mas quando se tem 9 corridas pela frente, fortes adversários e uma equipe falha como a Ferrari nunca é certo confiar 100%! Cautela nunca é demais e pés no chão é obrigação! Se pararmos para pensar ( eu já parei e fiz as contas) 40 pontos na verdade são menos que duas corridas. Fora que todo mundo está de olho gordo em cima do Alonso para que ele tenha um mal resultado. As coisas na Fórmula 1 mudam de uma forma impressionante. Em 2010 Alonso era carta fora do baralho, de repente virou favorito, e no final perdeu na última curva. Então, depois de muito viver, e de perder dois títulos, a gente aprende a ter mais cautela. Talvez seja o meu medo (ou trauma) de perder que me impeça de ver mais claramente este vantagem do Alonso. O meu grande problema é que a Ferrari não me inspira confiança, então fica complicado acreditar 100%!

Para Lu: O desempenho do Nico nos últimos GPs não foi tão bom quanto o esperado e houve uma melhora visível na performance do Schumacher. Você sabe se houve alguma mudança no carro que foi feita pensando especificamente no Schumacher? O que você acha que aconteceu para haver essa queda de rendimento do Nico?
Nico está em uma má fase e é isso. Teve azar e ao mesmo tempo errou em algumas situações. Não acredito mais em mudanças para o estilo do Schumacher. Eles tentaram isso em 2010, se ferraram e em 2011 também não funcionou nada. Se eles, mesmo que ninguém tenha comentado, tenham feito essa palhaçada novamente é muita burrice.

Para Ludy: Sei que isso é a polêmica do dia (após o GP da Alemanha), mas o que você acha da punição dada ao Vettel? Pode ser uma ajuda da FIA a Ferrari, já que Vettel é o principal piloto na briga pelo título com Alonso? Após o GP da Alemanha Kimi subiu na classificação do campeonato, passando o Hamilton. O que você tem a dizer sobre esse ótimo retorno do Iceman e o que você espera de Spa? A Lotus terá coragem de errar com Räikkönen lá?
Não acho que há perseguição nenhuma à Red Bull, nem a Sebastian Vettel. Como eu disse na época do GP da Alemanha, a punição a Vettel foi correta só acho que a pena foi exagerada. Mas além de Sebastian, Webber, Hamilton e até Kimi podem dar trabalho a Alonso. Sobre o retorno de Räikkönen, estou muito satisfeita. Não imaginava que a Lotus teria um carro que daria a ele a possibilidade de estar lutando por pódios da forma como ele está. Foram 11 corridas, 10 finalizadas na zona de pontos, 5 pódios, e o quinto lugar no mundial, e isto sem ter nem sequer vencido. Acho ótimo! Ainda acho que a classificação é o calcanhar de Aquiles de Kimi, mas vamos esperar que as últimas atualizações possam melhorar isto na segunda fase do Mundial. Spa? Só espero o melhor de lá!!! Rsrsrs...Não acho que é questão de coragem errar, é competência mesmo. :)

Perguntas da Yasmin

 1 - Tati, chegamos a metade da temporada e para surpresa de muitos e outros nem tanto, o Alonso é o lider do Campeonato, essa reviravolta no carro da ferrari está te deixando "tranquila" e esperançosa com o TRI do Alonso?
Tranquilidade + Ferrari não combinam, já Alonso + Esperança são quase a mesma palavra!!! Hehehe Alonso sempre me faz ter esperanças, é por isso que insisto nisso, porém tenho medo imenso da incompetência Ferrarista. E vou te confessar, ainda não consigo assimilar a ideia de que Alonso é líder do campeonato!! Isso é estranho...hehehe Então me considerar “tranquila”, só mesmo no dia que ele cruzar a linha como TRI, até lá é tensão a máxima potência! Rsrs 

2 - Quem é a maior ameaça ao título?
Na condição atual do campeonato, com 40 pontos de vantagem? A própria Ferrari. Se a Scuderia fizer tudo direitinho e der condição para Alonso fazer o que precisar fazer, o TRI é nosso. No início do ano eu disse, acho que foi pós Malásia, este campeonato estava a cara do Alonso. E de fato está! Mas isso, sem esquecer grandes adversários na Red Bull, McLaren e até mesmo Kimi na Lotus. Só que, na situação de vantagem que estamos vivendo, a principal adversário do Alonso é a própria equipe.

3 - Feliprincipe fica ou vai embora se o Alonso for campeão deste ano?
A situação do Felipe é delicada independente do possível título do espanhol, sinceramente. Massa chegou num ponto que só ele mesmo pode se salvar e que as comparações com Alonso não são sequer possíveis. Acho que se ele ajudar Fernando na disputa do título, independente da nossa vitória ou não, Massa tem chances. Mas se continuar do que jeito que está... aí complica de vez! 

1 - Lú o carro que no início parecia surpreendente está ficando a desejar, quais as tuas expectativas para a outra metade do campeonato?
Espero que melhore. Se piorar mais vai ser vergonhoso.

2 - Com a história do Hamilton querer se rebelar e dizer que vai embora da McLaren e o tio Schumi não saber se vai continuar a atrapalhar no grid, opsss eu quis dizer pilotar no grid, a vaga de companheiro do Nico estaria mais para Schummy ou Hamilton?
Schuschu andou bem nos últimos GPs e duvido que saia no final do ano. 

3 - Se o Hamilton for embora da McLaren, quem seria o companheiro do Jenson?
Hamilton não vai embora da Mclaren. Não vejo ele em outra equipe. 

1 - Qual a tua opinião sobre essa metade de campeonato do Vettel?
Acho que Vettel está no ano da provação. Já é bicampeão do mundo. O primeiro título veio de uma recuperação, de uma batalha apertada contra Webber no começo (que muitas apontam como favorecimento dentro da equipe) e com Alonso no final. Daí veio o ano de 2011. Não estou desmerecendo o bicampeonato dele, mas foi um título fácil, pelo carro imbatível que ele tinha nas mãos. Este ano as coisas estão mais complicadas, o carro não está perfeito como em 2011, os adversários também estão fortes e o campeonato se decidirá nos detalhes. Carro e talento para ser campeão ele tem, mas resta saber como ele conseguirá usar isto ao seu favor. De qualquer forma, acho que o terceiro lugar está de bom tamanho. E ele está na briga.

2 - Se não for em Spa, será onde a vitória do sr. Raikkonen?
Putz, eu adoraria saber esta resposta. Mas acho que se a vitória não vier em Spa, de repente ele tenha chances em Monza e Suzuka, por também serem pistas rápidas e que definitivamente serão boas para o E20 da Lotus.

3 - Gostaria de ver Jenson e Kimi na McLaren em um futuro próximo?
Adoraria ver Kimi novamente na McLaren, fosse quem fosse o companheiro dele. Mas esta é uma realidade quase impossível.

Perguntas da Julie 

1) Ludy: Na sua opinião, quem é o chefe mais mala que o Kimi já teve na vida de F-1: Ron Dennis, Domenicalli, Boulier, ou dá empate?
Ron Dennis. Apesar de ter sido ao mesmo tempo o que mais admirou Kimi e o respeitou como piloto. O problema de Ron com o Iceman era o jeito de levar a vida que o finlandês tinha (ainda tem), fora das pistas. Isto incomodava Dennis, que gostava de controlar o piloto. Na McLaren tudo é muito certinho. Pelo menos era assim na era Dennis. E no final do casamento com a McLaren, isto estava perturbando Kimi.

2) Lu: A equipe Mercedes teve um começo de temporada promissor, chegou até a vencer uma corrida com o Nico. A equipe consegue ir bem na classificação, mas não consegue um desempenho melhor nas corridas. O que falta à Mercedes para engatar de vez no campeonato?
Julie, não quer saber como conseguir a paz mundial, não? Mais fácil... hehehe Brincadeira a parte, eu acho que falta para a Mercedes aprender a usar os ingredientes. Pensemos que eles têm tudo: bons pilotos, engenheiros, mecânicos, estrutura, dinheiro e know-how, mas eles não conseguem usar tudo isso de maneira eficiente e constante. Na China, estavam bem, mas o carro ficou para trás mais uma vez e não evoluiu o que podia com os pacotes novos instalados a partir da fase europeia. Precisa afinar a mistura e aprender a usar tudo que tem. Não é falta de recurso é não saber usar o problema.

3) Tati: No começo do ano, ninguém acreditava que o Alonso iria chegar tão longe com o F2012, inclusive surgiram comentários infelizes até de alguns pilotos . Agora, o espanhol é líder do campeonato. Na sua opinião, esse ano poderemos gritar TRI e o que dizer em resposta a essas pessoas que subestimaram o talento do bicampeão?  
Oi Julie, olha... se poderemos gritar TRI!? Sim poderemos, mas se conseguirmos isso será um parto! Infelizmente! Nada é muito fácil para nós... hehehe Fora que ainda tenho sérios problemas em conseguir confiar na Ferrari, passe o tempo que for, eu não consigo considerá-la digna da minha confiança, principalmente após recordar erros como em Valência ou Canadá! Sem contar que Abu Dahbi nunca sairá dos meus pensamentos... #pesadelos #medo Agora quanto o fato de subestimarem Alonso, como fez Button após a vitória na Malásia, a resposta já está dada, independentemente do título. O fato do Alonso hoje estar na liderança do campeonato com 40 pontos de vantagem sobre os atuais campeões do mundo e sobre o carro que era considerado o melhor McLaren por todos, é um bela resposta! Hehe Agora se o TRI vier será a cereja do bolo! OBA! rsrs

*******

Bom galerinha, esta foi mais uma edição de um Octeto Entrevista com a gente. Agradeço a Manu, Priscylla, Carol, Yasmin e Julie pelas perguntas desta rodada.

Espero que tenham curtido e obrigada a todos os leitores pela participação.

Beijinhos, Ludy

Comentários

Manu disse…
Moçoilas, obrigadão por responderem!
Eu curto muito ler as coisas que vcs escrevem, pq contemplam sempre o que penso. Estamos em rede hehehhehe!
Tenho nada a acrescentar! ^^
Myn disse…
Adorei vocês terem respondido as minhas perguntas, acabei lendo errado e mandei 3 perguntas para cada uma =P
Peço desculpa e me perdoem eu sou uma pessoa míope e prometo que serei mais cuidadosa!!!

Beijokas
Anônimo disse…
Meninas, adorei as respostas de vocês, e assino embaixo em tudo o que disseram.
Agradeço mais uma vez a oportunidade em participar do Octeto Entrevista.
Agora, qual é o próximo projeto? hehehe

Bjinhos
Julie
Carol M disse…
Oi chefinha!!! Hahaha
Eu adoro participar de tudo do Octeto, ainda mais quando são as entrevistas, porque podemos saber mais sobre o que vcs pensam e às vezes não falam.
Mas eu não vou negar, Ludy, eu vou gostar mais de participar da Sexy Week 2012. Hahaha Falando nisso, podemos acrescentar novos participantes? kkkkkkkk
Se eu não tivesse dado bronca vocês não apareceriam aqui!!!! Suas desnaturadas... rsrsrsrs...

Não Carol, no momento, são só os octetes, Loeb e Andreas. rsrsrs

bjs, Ludy
Priscylla disse…
A chefa tá nervosa, xentem... Ludy mandou e cá estou executando a missão.

Adorei participar e admito que coloquei Tico e Teco pra trabalhar MUITO pra criar essas perguntas. Sou frequentadora daqui há tempos e sempre quis participar do Octeto Entrevista, mas sempre achava que as minhas perguntas eram meio idiotas. Não tenho talento pra David Letterman ou Oprah Winfrey, sabe... hahaha

Mas gostei do resultado e adorei ler o que vcs pensam, meninas!! As outras perguntas foram muito boas, as amigas que participaram foram muito criativas =)

Bjão nas três

Postagens mais visitadas deste blog

Mas logo o Maradona??