Frustrado #2

Em clima de frustração, Räikkönen culpa pneus e Grosjean diz que pole era possível em Mônaco

Kimi Räikkönen lamentou não ter conseguido um bom rendimento no Q3 do treino classificatório em Mônaco, enquanto Romain Grosjean afirmou que a Lotus tinha carro para brigar pela pole-position

Apontada como favorita para o GP de Mônaco, a Lotus não conseguiu corresponder, ao menos no treino classificatório realizado neste sábado (26). Na tomada de tempo no Principado, Romain Grosjean ficou com a quarta colocação, enquanto Kimi Räikkönen sai em oitavo. Pouco para o time que conseguiu a melhor média nos treinos livres da quinta-feira.

Nos boxes da equipe inglesa, a frustração foi geral. Räikkönen lamentou largar apenas na quarta fila e explicou que o problema neste sábado foi aquecer os pneus da Pirelli.

“Com certeza nós não estamos muito felizes após essa sessão. Desde o primeiro treino livre estávamos um pouco atrás de onde deveríamos e tentamos nos recuperar. O carro está bom, o maior problema hoje foi fazer os pneus trabalharem, pois estava um pouco complicado aquecê-los”, declarou.

Outro problema apontado pelo finlandês foi um pequeno erro cometido durante a volta rápida, ao ter ido além do limite da pista na região da Piscina. “Eu poderia ter sido um pouco mais rápido na minha melhor volta, mas acabei forçando demais na Piscina. É um pouco frustrante, mas não dá para acertar todas as vezes”, acrescentou.

Quanto à corrida, o nórdico reconheceu que será difícil ganhar posições ultrapassando os adversários, mesmo que o carro da Lotus seja mais rápido. No entanto, o piloto afirmou que vai torcer por um bom resultado. “Em uma pista normal, dá para ganhar algumas posições ultrapassando, mas em Mônaco isso é difícil. É como dizem, qualquer coisa pode acontecer aqui, então espero alcançar algo bom amanhã”, completou.

Romain Grosjean, por sua vez, conquistou um resultado um pouco melhor. O atual campeão da GP2 vai largar na quarta colocação após a punição que custou a pole-position de Michael Schumacher. Ainda assim, o francês admitiu que podia ter conseguido um resultado ainda melhor, já que a tática adotada para o final do treino classificatório não deu certo.

“Nós não estamos tão bem no grid quanto queríamos, mas as coisas foram bastante apertadas hoje. Eu consegui uma volta muito boa no início do Q3, mas não consegui melhorar com meu segundo jogo de pneus. Foi uma pena porque nossa estratégia era perfeita para a segunda parte do treino”, disse.

Grosjean admitiu, ainda, que poderia ter conquistado a pole-position se não fosse a falha na tática “O tráfego não foi tão ruim, mas eu perdi um pouco no segundo setor. Eu acho que era possível alcançar a pole-position. O quarto lugar não é exatamente onde queríamos estar,mas eu acho que a corrida vai ser longa”, afirmou. 

O francês, por fim, reconheceu que será difícil vencer a corrida largando do quarto lugar, mas se mostrou esperançoso em um bom resultado. “Estamos em Mônaco. Vai ser sempre difícil, mas pelo menos sabemos que o carro está muito bom com muito combustível. Então vamos ver o que podemos fazer com a melhor estratégia”, encerrou.

Fonte: Grande Prêmio

Não gosto do GP de Mônaco. Por mais que seja uma maravilha para os pilotos, todo cheio de glamour, fama e a menina dos olhos da F1, eu não gosto. E por que não gosto? Porque se nada de excepcional não acontece, a corrida é chata...e longa. 

Ultrapassagens? Uma ou outra, muitas, nem pensar. Por isto posição no grid de largada é imensamente importante ali e do jeito que a Lotus ficou devendo neste treino classificatório, acho que a corrida para mim será ainda mais chata e longa.

Para encerrar, acho bom Kimi Räikkönen começar a mostrar um pouquinho mais de interesse nas classificações oficiais pelo menos, porque sinceramente, não estou gostando. E não adianta explicação porque nada vai mudar a minha opinião sobre o desempenho que ele vem tendo.

Beijinhos, Ludy

Comentários

Paula Ferraz disse…
Eu tb não gosto Ludy, nunca gostei, a corrida praticamente acaba como começa. Acho uma corrida besta, chata...
Pensei que fosse a única no mundo que não gostasse de Mônaco! rsrsrs

bjs

Ludy
Manu disse…
Não gosto de Mônaco, o fato de tudo ser muito estreito me deixa aflita. E claro, é longa pra chuchu.
Vc não viu o treino Ludy, não sabe o quanto foi triste e se salvou dessa. A narração estava em um auê como se tivesse acontecendo o melhor treino de todos os tempos. Enquanto isso nas casas dos mortais normais que não usam nenhum tipo produto para nos deixar elétrico, estávamos com cara de nada. Uma coisa valeu a pena, pq o Gavão duvidou alguns momentos que o Kimi conseguisse ficar entre os 10... Fora outras bizarrices que ele fez o favor de dividir conosco, que poderiam ficar só p/ ele.
Pelo esforço que o Kimi fez, creio que, se tudo sair bem, ele poderá recuperar algo. Mas é esperar. Nada é tão grandioso assim em Mônaco...

=*
Pois é Manu. Eu trabalho aos sábados dando aulas e não vejo os treinos oficiais e este é o único lado bom, me livro do Galvão e suas imbecilidades.

bjs,

Ludy
Daeraquel disse…
Eu não assisti o treino inteiro, entre uma tarefa e outra dei uma olhada na tv, não sei como funciona a questão de quando o piloto sai dos boxes ( ou box, sei lá), mas deixar pra sair nos minutos finais, tendo perdido o 1º treino livre, o 2º com chuva....acho que foi uma grande mancada da equipe e do Kimi, quem sabe se ele tivesse andado mais um pouco, conseguisse achar uma maneira de aquecer os pneus mais rápido, td bem que sempre se fala que treino livre não vale nada, valer não vale, mas que é uma puta oportunidade de saber como o carro está respondendo, isso é. Numa ista CHATA e dificil de ultrapassar, largar em oitavo é o óóóóóitavo lugar kkkkkkkkk. Mas to na torcida, decepcionada, mas torcendo sempre.
Bjs
Dae, é exatamente por aí. Em uma pista como Mônaco, onde as ultrapassagens são tão complicadas, oitavo não é dos melhores lugares. Ok, se algo melhorar ele pode tentar pódio, mas vitória, só se o jogo virar mesmo. E sobre os treinos, concordo plenamente. Por isto mencionei que não tenho gostado da forma como ele encara os treinos. Grosjean está lá o tempo todo metendo a cara e Kimi está light demais!

bjs

Ludy
Carlos disse…
Sinceramente, quem tem que se explicar é a Lotus ao Kimi. Nunca vi um (literalmente) dar tanto problema igual a Lotus do Kimi da. Se não me engano, tirando o Bahrain, em todo santo treino algo deu errado ao carro número 9 fazendo o finlandês perder tempo de pista.
Carlos, também acho, a Lotus realmente tem sua culpa, mas eu acho que nos treinos oficiais pelo menos, Kimi tem muito mais a dar do que o Grosjean, ele sempre foi extremamente rápido e às vezes, acho que ele fica calmo demais. Não dá os 100% que poderia para conseguir um resultado melhor sabe? Sei lá...é a impressão que tenho.

bjs

Ludy

Postagens mais visitadas deste blog

Para Lu... um Feliz Aniversário!!!!!!

Lu, parabéns pelo seu dia!!!!