D’Ambrosio treinará pela Lotus em Mugello

D’Ambrosio guiará Lotus no primeiro dia em Mugello

Animado com oportunidade, belga garante que foco é contribuir no desenvolvimento da equipe 

Edd Straw, do AUTOSPORT.com 

Jérome D’Ambrosio guiará o Lotus E20 pela primeira vez no dia de abertura dos testes coletivos em Mugello, na Itália, na próxima semana. 

O piloto reserva do time inglês, que guiou pela Marussia Virgin na última temporada, não conseguiu arrumar uma vaga de titular para 2012. Assim, o piloto não guia um F1 desde o GP do Brasil do ano passado, com exceção a um dia de filmagens, a bordo de um Renault de 2010, em fevereiro. 

O belga deverá iniciar seus trabalhos no simulador nesta terça-feira como preparação ao seu dia de testes, em 1º de maio. 

“Mal posso esperar para entrar no carro”, comentou D’Ambrosio à AUTOSPORT. “A última vez em que estive em um carro de F1 competitivo foi em novembro de 2010, durante os testes em Abu Dhabi, quando guiei um Renault. Retornar a um modelo competitivo é algo com o qual estou muito ansioso. Não guio um F1 há seis meses e, agora, não é como ser um piloto de corridas.” 

“É uma situação difícil não poder guiar muito. Quando escolhi essa função com a Lotus, foi porque sabia que guiaria algumas vezes em vez de apenas ficar por perto.” 

Apesar de D’Ambrosio ter como objetivo apresentar um bom desempenho durante o teste, seu foco estará no trabalho de desenvolvimento para a equipe. 

Espera-se que a Lotus esteja entre as equipes que estrearão evoluções em seu carro em Mugello – e o belga insiste que este será sua meta, apesar de a equipe ter dado a entender que o piloto deve estar em boa forma para substituir um dos titulares caso necessário. 

“Não é um dia voltado para mim. O importante é fazer o trabalho da melhor maneira possível para a equipe”, comentou. “É um dia importante para eles, então eu colocarei em prática qualquer programação que for necessária. Testarei aquilo que for preciso testar.” 

“Mas seria muito difícil substituir alguém sem isso [o teste]. Não desejo o mal dos pilotos, mas, caso aconteça e eu precise substituí-los, já terei um dia com o teste de bagagem, o que me fará ser mais eficiente.” 

“Isso também me permitirá fazer um trabalho melhor no simulador. Até agora, meu trabalho tem sido discreto, mas agora é que começa a ficar ativo. Há uma tendência de que o terceiro piloto tenha um papel mais importante, o que é bom, porque nos mantém em forma para guiar.” 

Kimi Raikkonen deverá guiar no segundo dia do teste, com Romain Grosjean assumindo as ações no dia 3 de maio. 

Fonte: Tazio

Pô, Kimi nem para treinar no feriadinho para ficar mais fácil para mim!!! rsrsrs...

Bom que D’Ambrosio terá uma chance. Deve ser simplesmente entediante ser piloto reserva.

Beijinhos, Ludy

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Para Lu... um Feliz Aniversário!!!!!!

Lu, parabéns pelo seu dia!!!!