Vantagem diminuiu

Button: vantagem caiu em relação a Melbourne

A vantagem da McLaren em relação à Red Bull no GP da Malásia, na madrugada deste domingo, será bem menor do que em Melbourne, na semana passada. A opinião é de Jenson Button, segundo piloto mais rápido do treino classificatório neste sábado.

Segundo o campeão mundial de 2009, a Red Bull segue sendo um rival forte no pelotão da frente, embora o rendimento da equipe austríaca em treinos classificatórios esteja longe do aproveitamento apresentado no ano passado, quando o time garantiu 18 das 19 poles no campeonato.

“Eles [da Red Bull] não estão ruins. Classificaram-se no quarto e quinto lugares, então não foi tão ruim. Com certeza, estamos na vantagem, embora muito menor quando comparado a Melbourne”, disse Button.

“É [uma] pequena [vantagem], não é o domínio que vimos há alguns anos. E no domingo, é uma coisa diferente. Na última prova, vimos que Sebastian teve obviamente muita sorte com a entrada do safety car, mas seu ritmo de corrida era muito bom”, acrescentou.

Novamente um décimo mais lento do que Lewis Hamilton, Button se mostrou satisfeito com sua última volta na última fase do treino classificatório (Q3). Para o inglês, Sepang é uma pista que exige muito do conjunto aerodinâmico, não apenas pelo alto nível de umidade no ar, como também pelas curvas de alta velocidade.

“É uma pista veloz e dura de várias formas: para o carro e os pneus, assim como nós que estamos sentados lá no cockpit. Então teremos uma longa tarde quente amanhã [domingo]. Estou ansioso porque temos um bom carro e o ritmo de trechos longos ontem [sábado] nos pareceu consistente”, disse Button, sobre o desempenho do MP4-27.

“Como um time, é ótimo estar novamente na primeira fila, porque você vê que os engenheiros lá no fundo comemoram a dobradinha. Claro que você queria estar do outro lado, mas Lewis [Hamilton] fez uma grande volta no início do Q3, nós nos aproximamos, mas não conseguimos chegar lá”, completou.

Além de Red Bull e McLaren, Button vê outras equipes no páreo para lutar pelo pódio neste domingo. O piloto inglês destaca o ritmo de corrida apresentado por Lotus e Mercedes em Melbourne e a necessidade de construir uma boa estratégia de pitstops para manter um desempenho sólido no GP.

“Como uma equipe, temos muita confiança no que estamos fazendo no momento, mas não estamos sendo autoconfiantes demais. Temos de ser apenas muito bons em tudo. O ritmo tem de estar lá, a consistência e os pitstops precisam ser o fator fundamental para isso, porque esses caras [Mercedes] são muito rápidos, assim como as Renaults [sic] e as Red Bulls. O ritmo deles parece ser melhor em corrida do que em classificação, então teremos uma tarde movimentada amanhã”, disse o inglês.

A corrida na Malásia acontece neste domingo, às 5h (de Brasília), com transmissão ao vivo da TV Globo. O Tazio Autosport fará acompanhamento em tempo real do GP da Malásia pelo Twitter, no perfil @TazioAutosport.

Fonte: Tazio

Jenson sempre vem com o esse papo, mas a verdade é que mesmo que tenha dominuido um tiquinho que seja a McLaren tem vantagem e é a grande favorita salvo alguma zebra muito grande. Uma chuva imensa ou um SC inesperado.

By Lu

Comentários

w disse…
Sei não, Lu, mas a Mclaren me parece a RBR de 2010, muito rápida em treinos, mas nas corridas temos RBR, Mercedes e Lotus perto, a briga vai ser boa!
Wagner, vocoê que comentou acima né?! Por isto aprovei! Mas confirme por favor! rsrsrs

Ludy

Postagens mais visitadas deste blog

Para Lu... um Feliz Aniversário!!!!!!

Lu, parabéns pelo seu dia!!!!