Villeneuve dizendo o que pensa...

Villeneuve critica F1 e Indy e diz que prefere estilo "sem regras" da Nascar

EVELYN GUIMARÃES [@eveguimaraes]
de Interlagos


Competição pura. É isso que Jacques Villeneuve busca ainda na carreira. Aos 40 anos, o canadense revelou que só aceitaria correr uma temporada inteira em alguma categoria de turismo e se o campeonato proporcionasse uma disputa limpa e sem interferências políticas. A política aí citada pelo piloto é uma crítica clara à F1. Sem nenhum tipo de interesse na categoria máxima do automobilismo, Villeneuve se disse mais feliz depois que deixou o Mundial e que a Nascar é o tipo de competição que procura. O campeão de 1997, aliás, reservou elogios até inusitados à divisão norte-americana.

"Entendo que pilotos são guerreiros, heróis, gladiadores e as pistas são como arenas. E a Nascar é um pouco assim. Não há muitas regras, e isso é legal. Se alguém joga você para fora, na outra corrida você dá o troco e empurra no muro. E é isso. É um comportamento menos ético, mas é assim que deve ser. Tem situações que devem ser decididas pelos pilotos e não por comissários", afirmou Jaques, acrescentando uma crítica à atual temporada de F1.

"Não gosto muito do que acontece na F1, com essas punições todas. De repente, você não pode nem ultrapassar, e esse é o objetivo também. É tudo muito político. Sou um pouco contra. Antigamente, A F1 era mais perigosa, mas havia um respeito muito grande entre os pilotos. Hoje isso não existe", completou.

Villeneuve afirmou também que não tem interesse em eventualmente voltar à F1 e nem mesmo à Indy, categorias em que foi campeão. Ao campeonato norte-americano, que venceu em 1995, além da conquista das 500 Milhas de Indianápolis, Jacques reservou críticas ainda mais severas. O canadense disse que não tem interesse em correr na Indy, nem em etapas especiais, como as 500 Milhas ou mesmo a etapa de Las Vegas, que esse ano vai oferecer um prêmio de US$ 5 milhões ao vencedor.

"A Indy não é mais como era na minha época. Não está em um bom momento e não tem a mesma visibilidade que tinha. Ninguém acompanha nos EUA. É muito difícil conseguir patrocinadores também por causa disso. Para correr lá, só ser for em uma grande equipe, que permita lutar por vitórias e pelo título", disse Jacques, que não poupou nem os pilotos.

"As pistas também não são as melhores. E está muito perigoso. Tem pilotos que querem andar muito rápido, mas não têm condições para isso", completou.

Neste final de semana, Villeneuve vai disputar a Corrida do Milhão da Stock Car em Interlagos, com cobertura completa e 'in loco' do Grande Prêmio.
(fonte: Grande Prêmio)

Dá-lhe Ville!!! hahaha

Bjinhus, Tati

Comentários

Thiago Raposo disse…
O que me intriga é saber por que ainda vocês não olham para a Nascar!
Juan Pablo está lá, Kimi foi conhecer, Trulli já disse que tem interesse, Jacques declara amor...

O que falta?
Thiago...bj e me liga!!! rsrsrs
Só para complementar...adoro a sinceridade de JV. rsrsrs

Ludy

Postagens mais visitadas deste blog

Roubou a cena!