Só pagando

Canal pago transmite F1 e Bernie culpa BBC

Há alguns meses, vem se desenrolando uma extensa troca de "cutucões" na imprensa inglesa por conta de uma decisão tomada pela rede de televisão britânica BBC em conjunto com o negociador dos direitos, Bernie Ecclestone.

Neste final de semana, Ecclestone colocou a culpa na BBC. É sabido que a emissora passa por uma grave crise financeira. Por essa razão, optou por dividir com outra rede de TV o direito que tem por contrato até 2014. Neste processo, Channel 4 e ITV teriam sido preteridos única e exclusivamente pela BBC - e não por Bernie - justamente por serem canais abertos.

"Eles [BBC] se acertaram com a Sky por conta deles. Falei com a ITV também e houve o mesmo problema que com o Channel 4", explicou Bernie, segundo quem a BBC teve total controle da negociação: "Se o Channel 4 tivesse dito que queria assinar um contrato hoje para começar a transmitir por 45 milhões de libras [aproximadamente R$ 119 milhões] por ano, teríamos feito. Mas esse era o problema, não podíamos lidar direto com eles, mesmo que quiséssemos".

Bernie deu a entender que a BBC quis evitar a concorrência na TV aberta fechando o negócio com um canal pago, o que está deixando parte dos fãs locais revoltados.

No Brasil, os direitos de imagem pertencem integralmente à TV Globo, que não transmite os treinos livres e abre as transmissões de classificatório e corrida em um horário muito próximo do evento, o que faz com que muitos internautas recorram a brechas na internet para assistir justamente a transmissão da BBC, que começa antes com reportagens especiais, comentários e imagens exclusivas.

Fonte: Tazio

Hummm... que celeuma, hein! Mas, também não gosto dessa ideia de F1 só em canal fechado. Os treinos livres, como é aqui no Brasil, ainda vá lá. Mas, classificação e corrida é para todos. Ainda mais os ingleses que realmente curtem o esporte.

By Lu

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Roubou a cena!