Não tão feliz

Vettel afirma que não inicia férias "100% feliz"

Mesmo com 85 pontos na liderança, alemão afirma que seu objetivo é sempre vencer

Mesmo tendo ampliado sua vantagem na liderança do campeonato para 85 pontos após o GP da Hungria, Sebastian Vettel afirmou que não sai para as férias de verão da F1 "100% feliz".

Vettel não vence há três corridas e viu Ferrari e especialmente McLaren mostrarem muita força nos GPs da Inglaterra, Alemanha e Hungria.

Para o alemão, a Red Bull precisa usar o intervalo de três semanas para encontrar soluções que melhorem o ritmo de corrida. "Acho que é justo dizer que, nos últimos eventos, Ferrari e McLaren, em ritmo de corrida, avançaram. Temos que descobrir o porquê", afirmou.

O atual campeão da F1 acredita que não é hora da equipe austríaca se concentrar na evolução das duas rivais, mas sim buscar a própria evolução. "Há muita coisa para aprender e avançar sem precisar olhar para os outros. Isso tem que ser nosso desafio para a próxima corrida e para a segunda parte do campeonato", determinou.

No entanto, Vettel elogiou o esforço da Red Bull em Hungaroring, quando a equipe quebrou pela primeira vez no ano o "toque de recolher" e trabalhou no carro durante a noite de sexta-feira, o que proporcionou nítida melhora no desempenho nos treinos de sábado.

"Eu senti que o ritmo estava de volta ao carro, especialmente depois da Alemanha. Conseguimos uma boa melhora e eu fiquei bem mais confortável. Mas eu começo uma corrida para vencer e não para chegar em segundo ou terceiro. Acho que poderíamos ter sido mais espertos", afirmou.

O chefe da Red Bull, Christian Horner, declarou que o time irá recuperar o ritmo para o GP da Bélgica, mas não se mostrou tão preocupado com o resultado das últimas corridas.

"Em uma corrida como a da Hungria, você está mais passível a erros do que acertos. Então, chegar em segundo, com Sebastian ampliando sua liderança no campeonato depois das condições encontradas em Hungaroring, é um resultado realmente positivo", analisou.

Horner se disse ciente da proximidade de Ferrari e McLaren com relação à Red Bull neste momento do campeonato, mas afirmou estar contente com os resultados obtidos até aqui. "Ir para as férias com Vettel tendo vencido seis corridas e obtido mais quatro segundos lugares e um quarto, é um resultado fantástico", mensurou.

De qualquer forma, o dirigente espera voltar às vitórias na reta final do campeonato. "Nosso foco é ir em frente e tentar vencer cada corrida. Estamos no cerne do desenvolvimento e aprendemos muitas lições nos dois últimos fins de semana, que nos deixam em boa situação para as próximas corridas", concluiu.

Fonte: Tazio

Pode não estar 100% feliz, mas que é muito melhor estar na situação dele nestas férias, não resta dúvidas.

Beijinhos, Ludy

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Roubou a cena!