O plano de Craig Pollock

Pollock lança empresa PURE para fornecer motores

Ex-dirigente da BAR desenvolve projeto de propulsor para temporada de 2013

Craig Pollock pretende retornar à F-1 com uma nova empresa, a PURE (Propulsão Universal e de Recuperação de Energia), nova fornecedora de motores da categoria.

O empresário, que cuidou da carreira de Jacques Villeneuve e foi um dos líderes do projeto da equipe BAR em 1999, anunciou seus planos nesta semana mirando o novo regulamento de motores que entrará em vigor em 2013, de quatro cilindros e 1.6 litro.

"A visão para a PURE é de ser a líder em desenvolvimento da nova geração de tecnoclogia de motores, o que corresponde à demanda por um meio ambiente mais limpo. As mudanças no regulamento de motores de 2013 da F-1 são uma plataforma imediata de testes e validam futuras tecnologias para implementação em outras indústrias", explicou Pollock.

O projeto do motor PURE está sendo desenvolvido Jean-Pierre Boudy, responsável pelo primeiro turbo da Renault nos anos 70 e pelo propulsor da Peugeot que participou da F-1 na década de 90.

Pollock disse que a nova empresa pretende conseguir fornecer motores competitivos com menor preço, enxugando a sua operação.

"Mecachrome montará, fabricará e produzirá os motores. O desenvolvimento está sendo feito pela TEOS, IFP e a D2T. Então, nós somos um time pequeno, o que siginifica que nossos custos são muito baixos."

O escritório central da PURE será sediado na Suíça enquanto o setor de engenharia e desenvolvimento da empresa ficará localizado na França.

A nova fornecedora já tem o apoio do presidente da FIA, Jean Todt. "Damos boas vindas para a PURE na F-1. As mudanças das regras para 2013 foram feitas para promover tecnologias mais baratas, verdes e com melhor eficiência de combustível para a F-1. Nós desejamos todo o sucesso para a PURE no desenvolvimento de motores com o novo regulamento da FIA", afirmou o francês.

Fonte: Tazio

Se eu fosse uma das pessoas que se envolveram neste projeto com Pollock, ficaria preocupada. Ele não costuma ir até o final nas coisas que começa. Geralmente abandona o barco nas mãos dos outros. É o tipo que aposta tudo por um projeto inovador, que ele acredita que vai dar certo, mas se algo dá errado, ele pula fora. Este é Craig Pollock.

Beijinhos, Ludy

Comentários

wagner disse…
Sem veredito, mas ex-dirigente da BAR, hehe, tais brincando!
Nem é por ser ex-dirigente da BAR é por ter sido um amigo que na hora que Jacques mais precisou, o deixou na mão. Não perdoo estas coisas Wagner. Pollock deveria ter sido leal e Jacques e não foi. Mágias assim jamais são apagadas, acredite, sei bem do que falo.

bjs, Ludy
Erika disse…
Ludy, ele e Jacques ainda mantem contato? Pergunto isso pq sei da importância dele na vida do Jacques.
Oi Erika!!! Olha, pelo que eu acho, e do jeito que as coisas terminaram, acredito que não. O fim da parceria dos dois foi algo meio secreto, nem sabemos direito como aconteceu. Craig foi mesmo importante para Jacques e sua carreira, mas o deixou na mão como amigo, e de verdade, é difícil a gente perdoar algo assim né?!

bjs, Ludy

Postagens mais visitadas deste blog

Roubou a cena!