Ajudinha

GP de Abu Dhabi quer cooperar com prova barenita

A organização do GP de Abu Dhabi revelou que apoiará o seu país vizinho, o Bahrein, caso seja viável a realização da corrida em Sakhir neste ano.

Com os conflitos enfrentados pelo país nas últimas semanas, a prova barenita não mais abrirá o próximo Campeonato Mundial

Mesmo que o Bahrein e Abu Dhabi tenham concordado em realizar suas etapas em fases opostas do campeonato, no início e no fim, respectivamente, para que uma prova não ofuscasse a outra, Mohammed ben Sulayem, presidente do Automóvel Clube dos Emirados Árabes, mostrou estar disposto a colaborar nesta situação especial.

"Somos organizadores da corrida de Abu Dhabi e respeitamos a decisão. Encontrar tempo no calendário é viável. Originalmente, Abu Dhabi e Bahrein concordaram em ter uma separação grande no calendário para aproveitar ao máximo a exposição que um GP traz. No entanto, essa é uma emergência e, em casos assim, precisamos trabalhar juntos", explicou Sulayem.

Sulayem, ex-piloto de rali, espera que o Bahrein consiga resolver suas questões internas antes de pensar na realização da etapa de F-1 deste ano.

"O que é crucial é que o Bahrein tenha suas prioridades e eu acredito que eles fizeram isso. A estabilidade é o fator mais importante neste estágio, mas, uma vez que haja estabilidade, então nós vamos tentar trazer a corrida de volta, porque sabemos que eles fariam o mesmo por nós."

Uma possível solução seria a realização a corrida do Bahrein após a prova em Abu Dhabi, empurrando o GP do Brasil para o início de dezembro.
(fonte: Tazio)

***

Oi!?! Eu tenho uma sugestão... Abu Dhabi poderia ajudar e muito cedendo seu lugar para o Bahrein, que não é lá uma pista super desafiadora, mas é bem melhor do que aquele elefante branco inútil que é a pista de Abu Dhabi!

Que tal!? Sugestão aprovada!? hehe

Bjinhos, Tati

Comentários

wagner disse…
Assino embaixo, é nesse local, hehe.

Postagens mais visitadas deste blog

Feliz Aniversário, Alonso!!!!