Três perguntas para Kimi Räikkönen

Kimi Raikkonen está começando a deixar as suas marcas no WRC. O finlandês disputou apenas oito corridas em sua carreira, incluindo quatro com o Citroen C4, o Rali do Ártico e as três primeiras rodadas da temporada WRC. Na Turquia, o seu único objetivo é não cometer erros.

Você marcou seu primeiros pontos no Campeonato do Mundo na Jordânia. Será este um primeiro objetivo alcançado nesta temporada?
Para o meu o meu terceiro rally com o C4 WRC, o meu único objetivo era a chegada na Jordânia. Encontramos condições particularmente difíceis, com estradas muito específicas, muito escorregadias e com pouquíssimos pontos de referência. O primeiro dia foi provavelmente o mais difícil da minha curta carreira no rally! Por isso, é uma satisfação poder passar por todas as armadilhas e não ter feito grandes erros. Nós não estávamos muito rápidos, mas é um pré-requisito para o progresso.

Como você vê seu progresso ao volante do Citroen C4 WRC?
O terreno era muito diferente do que encontramos no México. Lá, eu me senti confiante. Eu decidi atacar mais e eu acabei saindo. Na Jordânia, preferimos manter um ritmo seguro para ir até o final. A cada milha me ajudou a aprender o comportamento do Citroën C4 WRC e as atitudes a adotar durante a condução. No final de cada etapa, eu sinto que progredi. Estou começando a me sentir mais confortável e divertindo-me no WRC, é talvez o mais importante!

Estes quilômetros na Jordânia lhe permitem abordar o Rally da Turquia com mais confiança?
Na Turquia, vamos ainda encontrar um ambiente muito diferente. A experiência em rally é um pouco pequena, mas cada um é novo. O objetivo será novamente chegar ao final. Vamos ver onde vamos localizar o início da corrida e se a situação permitir, vamos tentar reduzir a diferença.

Fonte: Citroën Junior Team Press/f1-action/KimiManiaBrasil - Tradução: Ciin (KimiManiaBrasil)

Beijinhos, Ice-Ludy

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Historinhas... é a vez de Niki Lauda

Lu, parabéns pelo seu dia!!!!