Aprendizado também para o preparador físico de Kimi


O SALTO DA F1 PARA O WRC TAMBÉM É UM ANO DE APRENDIZADO PARA O PREPARADOR FÍSICO DE KIMI

Turun Sanomat 13.2 2010 23:07:11

O alarme do relógio toca às 4:14 da manhã no hotel em Karlstad. Isto significa que o dia de trabalho começou tanto para Kimi e especialmente para seu preparador físico Mark Arnall.

À frente deles está uma distância de 110km de pilotagem até o parque de serviço. Eles terão um café da manhã de 20 minutos.

Arnall é responsável pelo fornecimento de bebidas de ambos os pilotos e co-pilotos da Equipe Junior da Citroën. Räikkönen pega sua bolsa de bebidas em seu carro e Ogier pega a sua mochila contendo bebidas esportivas.

O serviço é na parte da tarde. Isto é quando os pilotos rapidamente comem e Arnall cuida de preencher os suprimentos de bebidas nos carros.

O dia termina quando está escuro. Depois que eles voltam para o hotel onde a cama está chamando por volta de 9 e 10 horas da noite quando você teve que levantar na manhã anterior antes que o galo cantasse.

Arnall está com Räikkönen desde que Kimi foi para a McLaren em 2002. Sua mudança da F1 para o WRC também foi um grande salto para o seu treinamento de guru.

"Um piloto tem que ser capaz de se concentrar em pilotar a cada momento. O trabalho do preparador é assegurar que o piloto seja capaz de fazer isto o tempo todo tanto mental quando fisicamente", Arnall explica.

"Neste sentido a diferença entra um piloto de rali de e F1 é imensa. Quando um piloto de F1 pilota por cerca de 20 voltas durante um treino, depois uma hora de classificação e geralmente uma hora e 40 minutos na corrida, isto permite muito tempo para tratar o aspecto físico e mental".

"No rali é completamente diferente quando você já chega na manhã, pilota por cerca de 10 a 20 minutos, então come rapidamente durante o serviço e pilota de novo intensamente à tarde. Nós voltamos para o hotel à noite e Kimi quer dormir o mais rápido possível. Portanto a massagem e o pós-tratamento é realmente curto. É claro que se as costas de Kimi estão em uma condição que ele precisa de um tratamento mais longo, então tem que ser feito às custas de sua noite de sono".

"Será algo especialmente desafiador manter os níveis mentais e físicos de Kimi no mesmo nível durante as corridas no calor", Arnall avalia.

Mental e fisicamente a carreira de rali é extremamente dura para Räikkönen nesta fase. Kimi nunca antes teve que cavar seu próprio carro com uma pá por 30 minutos e suar tanto quanto um dos GPs mais quentes em algum lugar da Malásia.

Os ferimentos mentais são uma coisa diferente. Estando mentalmente forte Kimi parece ser capaz de aceitar estas condições como uma parte de seu duro ensinamento com o objetivo de atingir o topo da velocidade no rali.

Turun Sanomat, Hagfors

HEIKKI KULTA

Tradução para Inglês: Nicole (Planet Forum F1) / Tradução: Ludy

Nota: Ao usar este texto, por favor, não se esqueça de dar crédito ao Octeto (Ludy) pela tradução.

Mark é uma das pessoas que ajudaram Kimi a chegar onde ele está hoje. E muito me deixa feliz e aliviada que nesta fase tão nova e desafiadora para Räikkönen ele esteja lá.

Adorei o artigo de Kulta. Para variar né?! hahahaha

Beijinhos, Ice-Ludy

Comentários

Postagens mais visitadas