Jenson também terá salário menor

Após guiar o BGP 001 — ex-RA109 — pela primeira vez, Jenson Button confirmou que o seu salário sofreu um corte significativo. Segundo o jornal "The Independent", a redução teria sido de 50%.

"Basicamente, a equipe não podia pagar seu antigo salário", disse um porta-voz de Button à edição deste sábado (7) do diário britânico. "Mas, depois de lutar pela chegada de Ross à Honda e de trabalhar duro com ele para atravessar um 2008 muito difícil, Jenson estava determinado em mostrar sua solidariedade com o time", acrescentou. Na última sexta, Rubens Barrichello disse ao repórter Pedro Bassan, da TV Globo, que também teve de aceitar uma redução drástica em seus vencimentos para continuar correndo.

O representante de Jenson afirmou que a Brawn não era a única opção do inglês. "Tinhamos alternativas em teoria, mas ele me disse que dinheiro não é tudo. Não havia forma de ele fazer qualquer coisa que não pilotar aquele carro. Jenson não queria desistir de um time no qual acreditava que poderia ser forte", explicou. Button chegou a ser cotado para uma vaga na Toro Rosso.

Ross Brawn, dono do novo time, ressaltou os seus esforços para manter a dupla da Honda em 2008. "Temos muita sorte de ter dois pilotos experientes em Jenson e Rubens. Eles vão nos possibilitar estar preparados para correr quando testarmos pela primeira vez em Barcelona, na semana que vem. Depois de quatro anos como companheiros e daexperiência com nossos sistemas e engenheiros em Brackley, eles irão se revelar um verdadeiro trunfo", defendeu, ressaltando o "bom relacionamento" entre os dois.


Fonte: Grande Prêmio

Beijinhos, Ice-Ludy

Comentários

Postagens mais visitadas