Calmo e avante...

São tranqüilas as expectativas de Kimi Raikkonen, que largará da segunda posição no Grande Prêmio da China de Fórmula 1, entre Lewis Hamilton e Felipe Massa, para a corrida no circuito de Shanghai. Ele comenta que, na classificação, foi impossível às Ferraris superar as McLaren completamente, mas aposta que, na corrida, as coisas serão diferentes. E espera o inesperado.

Confira suas palavras: "Finalmente, as coisas pareciam ir bem para mim na qualificação. É tarde demais para o título, mas estamos definitivamente aprendendo uma lição que será útil para o próximo ano. Durante todo o fim de semana temos lutado para encontrar o acerto nas configurações do carro. Todos os resultados do trabalho finalmente chegaram na Q3, quando o carro estava muito bom. Certamente, mesmo pondo de lado aquilo que as escolhas têm sido, em termos de carga de combustível, hoje teria sido difícil de vencer as McLaren, mas estou satisfeito com o resultado global para a equipe. Nós podemos contar, como é habitual, em sermos mais competitivos na corrida do que na qualificação, para que possamos olhar com confiança para amanhã, enquanto tentamos obter o melhor resultado possível para os dois campeonatos. As condições meteorológicas podem ser muito variáveis, portanto, temos que estar prontos para lidar com qualquer eventualidade".


Fonte: Speed Blog

Link para baixar a coletiva de hoje. Cortesia do KRS, como sempre.

Beijinhos, Ludy

Comentários

marcelo costa disse…
Kimi é o franco-atirador não tem nada a perder se entrar com tudo nas primeiras curvas e der um "chega pra lá" em Hamilton esta no seu direto, Hamilton estragou a corrida de vários no Japão, e se Kimi vencer e Massa não conseguir passar Hamilton ninguém poderá falar nada Kimi ja fez a sua parte impedindo Lewis de marcar 10 pontos e ainda ajuda a Ferrari no mundial de construtores...

Pra cima do Lewis Kimi!

Postagens mais visitadas