Dossiê Jarno Trulli

Foto recente, tirada no GP do Brasil 2007.

Foto de 2006, igualmente linda.

Vida de blogueira não é fácil. Por quê? Porque só para pesquisar, traduzir, escrever e formatar este post, levei quase 3 horas. E eu só fui descobrir que não era fácil, hoje... tolinha eu, não?


Vamos lá... no octeto, meu piloto, como já expliquei na apresentação, é o distinto senhor Jenson Button. Tenho procurado representá-lo bem, por aqui.

Mas percebi, depois de quase 1 mês de Blog, que terei que adotar, mais dois distintos senhores, no caso, Mr Trulli e Montoyucho.

Tudo bem, estou assumindo a responsabilidade... mas não reclamem, porque quanto mais eu leio, quanto mais eu pesquiso, mais fotos quero postar. Então, terão que conviver com um album seriado neste proximo post, como fiz, ao falar da família de Montoya.

A fonte de biografia da Jarno, é o próprio site dele... mas irei tomar a liberdade de constestar uma parte dela (rsrsrsrs).

Então vamos ao dossiê, desse simpático e querido italiano.




Nome: Jarno Trulli

Jarno Trulli admite não ser um típico italiano. Ele chega cedo aos compromissos; não liga para futebol, e nem mesmo torceu pela Itália na última Copa do Mundo; e ele tem um nome Finlandês – ele se chama Jarno, por causa de um motociclista finlandês, o que causou confusão na imprensa italiana, quando Trulli entrou na F1. "Quando eu anunciei que entraria na F1 com a Minardi, muitas pessoas pensaram que eu era finlandês. Os italianos não me conheciam, porque eu não pilotava na Itália.”

Off:

- Lud!!!!!!!! Nunca imaginei que esse nome fosse finlandês, achei muito bonito.

- Não torceu para a Itália? rsrsrsrs a foto abaixo prova tudo!!!!!!

- Motociclista finlandês... sei... e mundo que dá voltas.

Nascimento: 13/07/74 (Pescara, Itália) - 33 aninhos meninas!!!!

Vejam que lugar horroroso, essa tal de Pescara.

Casa: St Moritz, Suíça

Outro lugar triste de se viver, tanto no verão, quanto no inverno.


Estado Civil: Casado, dois filhos.


Sua esposa se chama Barbara, e as crianças, se não estou loucamente enganada, se chamam Enzo e Marco. Marco nasceu esse ano (2007) e não consegui nenhuma fotinho. Mas as fotos da família são muito lindas, Marco deve ser tambem.

Altura: 1.73 m (pequeno, né?)

Peso: 60 kg (aiaiaiaia, vou me pesar... Trulli mais magro que a fã... tô perdida)

Hobbies: música, kart, academia, nadar, tênis e ciclismo (fico cansada só de ler)

Comida favorita: Pizza (se ele experimentar a pizza do Brasil, não vai embora nunca mais)

Pole Positions: 3

Vitórias: 1


Educado por 12 anos no kart, Jarno veio para a F1 com uma impressionante lista de feitos; ele é o único piloto na F1 que venceu tudo o que há para se vencer no kart. “ Foi muito importante para mim crescer no kart. Eu já participava de eventos com 3 anos de idade. Meu pai dirigia como hobbie e eu ia com ele e minha mãe, para torcer por ele.” Como resultado, Trulli tornou-se um grande fã do esporte desde a infância, e assistia F1 desde os 4 anos de idade.

Trulli e sua pretty mom

"Um dia, com 7 anos, surgiu uma nova categoria para crianças, chamada mini-kart e meu pai perguntou se eu queria ir. Uma vez dentro dele, eu não quis sair nunca mais! Mas eu nunca sonhei, até onde ele me levaria.” Trulli brilhou no kart e tornou-se um piloto de uma equipe de fábrica. Em 1995, ele recebeu uma chamada da F3 Alemã, do time KMS que ofereceu a ele um teste sem compromisso.
Trulli fez disso, mais do que uma oportunidade, venceu 2 de 6 corridas em que competiu, e foi condecorado como a revelação do ano. Depois de apenas meia temporada dirigindo um carro de F3, seus resultados impressionaram o suficiente, para que 3 times de F1 o chamassem. Trulli escolheu ir para a Benetton que ofereceu-lhe uma temporada completa na F3 Alemã com a KMS team. Trulli venceu o campeonato e tornou-se um piloto junior campeão da Equipe Benneton.

Em 1997 ele planejava correr a F3000 no Japão, mas foi chamado para correr pela Minardi, dando-lhe uma oportunidade inesperada de correr meia temporada na F1. Foi a introdução que ele precisava; no ano seguinte ele correu pela Prost, onde permaneceu até 1999. Em sua primeira temporada na equipe, ele liderou o GP da Austria antes que uma quebra mecânica lhe roubasse a vitória no GP.
Em 1999 ele terminou em segundo lugar em Nurburgring – seu primeiro podium na F1. "Senti como se estivesse em casa novamente, eu estava sofrendo muito por ter estado longe do podium por tanto tempo!”
Trulli nunca sonhou em tornar-se um piloto de F1. “Eu amava pilotar o kart e apenas sonhava tornar-me um profissional ou algo do tipo. Eu apenas comecei a sonhar depois que eu venci a o campeonato de F3 de 1996. Então eu pensei, que o sonho estava apenas começando. Eu quero estar no topo do podium, mas eu ainda não tive chance de fazê-lo, até agora. Eu não quero ser famoso, apenas quero ser bom, um piloto vencedor. Isto é apenas o que quero para mim.”
Depois de 2 anos na Equipe Jordan em 2000-2001, quando Jarno terminou em 10° e 9° lugares respectivamente no Campeonato Mundial, em 2002 Jarno juntou-se a nova equipe Renault F1 Team, a extinta Benetton.

Muita chata essa vida. Na Renault, ele dividiu cockpit com Jenson.

Que sofrimento o meu, não?! Agora, vcs entendem pq prefiro o visual barbudo de Jen.

Depois de Jen, veio Nanico... ai... outro sofrimento.

Olha que coisa linda, esses dois de bike em Interlagos 2003!!!!

Neste novo time Jarno terminou a temporada 2002 em oitavo lugar, com 9 pontos. Em 2003, Jarno terinou também em oitavo lugar, mas dessa vez com 33 pontos, tendo com auge seu terceiro lugar no GP da Europa (Hockenheim).
Em 2004, Jarno continuou na Renault F1 Team, após seu terceiro lugar na Espanha, sua primeira vitória veio em Monaco, 23/05/2004.

Jenson estava lá para comemorar também.

Momentos emocionantes da primeira e única vitória de Trulli na F1
.
Depois de uma série de corridas, e a falta de possibilidade de pontuar pela Renault, no verão de 2004, Jarno separou-se do time, e imediatamente foi para a equipe Panasonic Toyota Racing para o restante da temporada de 2004, 2005 e em 2006. Jarno terminou em sexto lugar, no mundial 2004, com 46 pontos.
Em 2005, conseguiu três podiuns para a equipe Toyota, e também a primeira pole-position da equipe (tudo bem, que foi naquele histórico e ridículo GP dos EUA). Jarno terminou a temporada em sétimo lugar no Campeonato Mundial com 43 pontos, ajudando a Equipe Toyota a conquistar o quarto lugar no Campeonato de Construtores, uma grande melhora no oitavo lugar do ano anterior.
Em 2006, a Toyota não conseguiu sustentar o mesmo progresso, principalmente por conta das mudanças de pneus da Michelin para Bridgestone. Como resultado, Jarno foi incapaz de pontuar até o meio da temporada. Jarno só pode acumular 15 pontos em 2006, terminando em 12° lugar no campeonato de pilotos. Durante a temporada, Jarno assinou um novo contrato de 3 anos com a Toyota.
A temporada de 2007, também não foi das melhores na Toyota. A equipe acabou a temporada em sexto lugar e Jarno em 13° lugar com 08 pontos.

Bom, that´s all folks.

No próximo post, falarei sobre os testes de Trulli na Catalunha.

E encerro com uma sessão de fotos, do senhor Xuquinha, que a Luane tanto adora... e uma foto de pernocas, de tirar o fôlego... afinal de contas, pode ser só uma corrida de carros, mas que os pilotos melhoram a atração, ôh se melhoram.

Atenção especial para a linda chuteira asturiana de Alonso!!!

Apresentando: Senhor Xuquinha, meu samurai preferido!

Até Who, rei do bom gosto, assustou-se!


Vcs tem que me compreender! Agora vcs podem perceber minha queda repentina por Irvine, naquela foto, cabeludo. rsrsrsrsrs

Trulli Lindo!!!

By Vick
ps: fico devendo uma foto do Marco e do Papito do Trulli... ahhh tbm dele na Minardi, Prost e Jordan... qdo achar, insiro no post!

Comentários

Anônimo disse…
Menina....arrasou!!!Demais este dossiê Trulli. Agora nós faremos dos outros...e já que entro de férias amanhã, vou fazer o de Jacques e o de Kimi!!!Aguardem!!!!! hehehehe
Nome finlandês!!!! hehehehe Por isso ele é demais!!!E as amizades maravilhosas com Jen e Nano!? hehehehe
Adorava a xuquinha...E o nome do segundo filhote é Marco sim, amiga.
Amei Vick!!!

Beijinhos

Ludy
Anônimo disse…
ADOREI!!!!!!!
com certeza... farei do Nano e do david!!!! amei Vick!!!!!!!!!
Como disse a mimila... ARRASOU!!!!!
Ai Trulli é um amor!!!! um doce!!!!
merecia um destino melhor na F1!!!

bJINHOSSSS

Tati
Aiii que beicinho lindoo!!! hehehe... sem falar xuquinha!!!

tati
Lu M. disse…
Eu adoro, mesmo, o Senhor Xuquinha!
Tem que ser muito macho para usar uma xuquinha daquelas!hehehe
Em uma F1 Racing desse ano saiu uma entrevista mto bacana com o Xuquinha. Ele parece ser um cara mto verdadeiro!
Arrasou Vick!!
Adorei!!!

Postagens mais visitadas deste blog

Mas logo o Maradona??

Roubou a cena!

Alonso em 2023