17 de março de 2016

Para cima

Vettel diz que Ferrari está mais perto da Mercedes em ritmo de corrida e fala que meta é “virar o jogo” em 2016

Sebastian Vettel se mostrou confiante de que a Ferrari tem o suficiente para causar problemas à Mercedes em 2016. O alemão afirmou, nesta quinta-feira (17), em Melbourne, palco da abertura da temporada da F1, que a SF16-H possui ritmo de corrida o bastante para encarar a adversária

A F1 viveu a primeira coletiva de imprensa de 2016, nesta quinta-feira (17), em Melbourne. E um dos sabatinados pelos jornalistas foi Sebastian Vettel. Como não poderia deixar de ser, o alemão foi questionado sobre o trabalho feito pela Ferrari para a temporada que começa neste fim de semana e se, enfim, a equipe italiana poderá fazer frente à Mercedes.

Vettel foi cuidadoso com as palavras e, antes mesmo de responder, fez questão de deixar claro que a rival prateada continua favorita. Ainda assim, o tetracampeão afirmou que a escuderia de Maranello fez progressos importantes durante a pré-temporada e que chega mais forte em 2016.

Perguntado se a Ferrari fez o suficiente para causar problemas para os bicampeões, Sebastian disse que sim. "Eu acho que temos", afirmou aos repórteres.

"A questão é se deixamos tudo pronto a tempo. Mas fizemos progressos e ainda estamos trabalhando. Durante os testes, demos passos importantes, mas nosso objetivo é virar esse jogo", completou.

"A Mercedes ainda é a favorita ao campeonato, mas nós estamos tentando nos tornar favoritos também. Acho que tivemos grandes melhorias, e isso é um enorme avanço. Nós fizemos um trabalho muito, muito bom, o que nos dá chance também de melhorar ao longo do ano", acrescentou o alemão. 

O ferrarista ainda deu a entender que a força do novo carro italiano está no ritmo de corrida. "Acho que estamos mais perto que no ano passado, especialmente em corrida." 

Por fim, Seb também explicou a escolha do nome de sua Ferrari em 2016 e deixou claro que não tem nada a ver com a pizza. "Antes de tudo, é apenas um nome: Margherita. Não acho que a primeira coisa que vem à cabeça seja a pizza. Nós apenas gostamos do nome. Todos os anos a gente dá um nome ao carro. No ano passado, foi Eva e, neste ano, será Margherita", disse.

Fonte: Grande Prêmio

Eu estou só no lema do "Let's wait and see". Nada além disto.

Eles que têm que estar confiantes, não eu. 

Sobre o nome, sim, a primeira coisa que vem à cabeça é a pizza!!! Nem adianta Vettel!!! rsrsrs...

Beijinhos, Ludy

Nenhum comentário: